Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

Faturação da Novabase sobe 13% para 31,6 milhões no 1.º trimestre

A Novabase registou um volume de negócios de 31,6 milhões de euros, mais 13% em comparação com igual período do ano anterior, anunciou hoje a tecnológica.

Faturação da Novabase sobe 13% para 31,6 milhões no 1.º trimestre
Notícias ao Minuto

18:20 - 14/05/20 por Lusa

Economia Novabase

Em comunicado, a empresa indicou que, entre janeiro e março, o volume de negócios fixou-se em 31,6 milhões de euros, valor que compara com os 27,9 milhões de euros totalizado nos primeiros três meses de 2019.

Por segmento, o volume de negócios do 'next-gen' situou-se, no período em causa, em 22,4 milhões de euros, superior aos 20,4 milhões de euros apurados no primeiro trimestre do ano anterior.

Já a faturação do 'value portfolio' atingiu 9,2 milhões de euros, entre janeiro e março, o que compara com os 7,2 milhões de euros registados no período homólogo.

"Não foram observados impactos relevantes da pandemia de covid-19 neste trimestre, em ambos os segmentos 'next-gen' e 'value portfolio'", ressalvou a tecnológica.

Citado no mesmo documento, o presidente executivo da Novabase assegurou que a empresa está confiante, mas cautelosa, face à pandemia.

"Confiantes na nossa robustez financeira, talento e estratégia. Cautelosos pela incerteza na durabilidade e formato da recuperação", afirmou João Nuno Bento.

No período em causa, a geração de 'cash' ascendeu a 33,2 milhões de euros, com destaque para o encaixe de 32,9 milhões de euros pela alienação do negócio GTE, bem como para o encaixe de 3,2 milhões de euros pela venda da Collab.

O 'Net cash' de 67,3 milhões de euros, "o maior já apurado", ainda não reflete "o pagamento pela aquisição da participação da Vodafone na Celfocus nem o encaixe relacionado com o ajustamento à contrapartida do negócio GTE, que ocorreram no segundo trimestre".

O grupo não revelou o lucro registado no primeiro trimestre.

Na sessão de hoje da bolsa, as ações da Novabase cederam 1,85% para 2,66 euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório