Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Bolsas europeias em baixa devido às tensões entre Pequim e Washington

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa depois do fim de semana prolongado devido ao feriado do dia do trabalhador, arrastadas pelas tensões geradas entre os Estados Unidos e a China pela gestão do surto da covid-19.

Bolsas europeias em baixa devido às tensões entre Pequim e Washington
Notícias ao Minuto

09:30 - 04/05/20 por Lusa

Economia Covid-19

Cerca das 09:05 em Lisboa, o EuroStoxx 600 descia 2,03% para 330,55 pontos.

As bolsas de Paris e Frankfurt recuavam 3,31% e 2,84%, respetivamente, bem como as de Madrid e Milão, que desciam 2,56% e 2,28%. Londres era a exceção, já que subia 0,10%.

Depois de ter aberto em baixa, a bolsa de Lisboa mantinha a tendência e, cerca das 09:05, o principal índice, o PSI20, recuava 2,36% para 4.182,88 pontos.

Após a paralisação de sexta-feira devido à comemoração do dia do trabalhador, as principais bolsas europeias estavam hoje em baixa arrastadas pelas novas tensões entre a China e os Estados Unidos, desta vez não do tipo comercial, mas geradas pela gestão do surto, tendo a Casa Branca advertido que Pequim responderá pelo ocorrido com a pandemia.

Neste contexto, o preço do petróleo WTI (West Texas Intermediate), que na sexta-feira terminou em alta, estava hoje a cotar-se com fortes perdas fora do horário oficial e caía a esta hora mais de 5%.

No caso do Brent, o de referência na Europa, a queda era muito menor, de cerca de 0,57%.

Os investidores também vão estar pendentes da publicação de resultados empresariais e de indicadores macroeconómicos.

Na sexta-feira, a bolsa de Nova Iorque terminou com o Dow Jones a cair 2,55% para 23.723,69 pontos, contra 29.551,42 pontos em 12 de fevereiro, atual máximo desde que foi criado em 1896.

No mesmo sentido, o Nasdaq fechou a recuar 3,20% para 8.604,95 pontos, contra o atual máximo de 9.817,18 pontos em 19 de fevereiro.

A nível cambial, o euro abriu hoje em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,0941 dólares, contra 1,0937 dólares na sexta-feira.

Em contrapartida, o barril de petróleo Brent para entrega em julho abriu a cotar-se a 26,07 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 26,44 dólares na sexta-feira e o mínimo desde 1999, de 19,33 dólares, em 21 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório