Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 19º

Deputados aprovam alargamento da tarifa social de energia

Os deputados aprovaram hoje uma proposta do PAN que alarga a tarifa social de energia às situações de desemprego e a quem tem um rendimento mensal equivalente ao valor do salário mínimo nacional.

Deputados aprovam alargamento da tarifa social de energia
Notícias ao Minuto

00:26 - 05/02/20 por Lusa

Economia Eletricidade

A proposta foi aprovada durante a votação na especialidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) com os votos favoráveis de todos os partidos à exceção do PSD, que votou contra, e a abstenção do CDS.

Segundo a proposta, "o Governo procede, durante o ano de 2020, à alteração das condições de acesso da tarifa social na energia, com vista ao seu alargamento, designadamente na energia elétrica e no gás natural".

A alteração integra "todas as situações de desemprego, para além das já existentes", assim como "agregados familiares que, não beneficiando de qualquer prestação social, apresentem um rendimento total anual igual ou inferior a 19.050 euros, acrescido de 50% por cada elemento do agregado familiar que não tenha qualquer rendimento".

De acordo com o documento, ficará assegurado que "as condições de elegibilidade de acesso à tarifa social para o gás natural são as mesmas que as da tarifa social para a energia elétrica".

"O PAN considera, assim, da mais elementar justiça social o alargamento da atribuição da tarifa social às situações de desemprego e a um rendimento 'per capita' mensal equivalente ao salário mínimo (635 euros em 2020), o que corresponde, considerando um agregado familiar médio de 2,5, a um rendimento total anual do agregado familiar igual ou inferior a 19.050 euros", lê-se no documento.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório