Meteorologia

  • 15 JUNHO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Economia brasileira com quebra de 0,47% de março para abril

A economia do Brasil recuou 0,47% de março para abril, segundo dados do Índice de Atividade Económica do Banco Central do Brasil (IBC-Br), que antecipa os dados oficiais sobre a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Economia brasileira com quebra de 0,47% de março para abril
Notícias ao Minuto

15:42 - 14/06/19 por Lusa

Economia Banco Central

Na comparação com abril do ano passado, a queda da atividade económica chegou a 0,62%. Contudo, nos 12 meses encerrados em abril, o indicador registou crescimento de 0,72%.

Este foi o quarto mês consecutivo em que o indicador apresentou resultados negativos, de acordo com dados revistos pelo Banco Central.

Em janeiro, o IBC-Br já tinha recuado 0,22%, em fevereiro recuou 1,04% e em março caiu 0,30%.

O resultado reforça previsões negativas sobre o desempenho da economia brasileira que, segundo informações divulgadas no final de maio pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registou um recuo de 0,2% do PIB no primeiro trimestre do ano.

O IBC-Br é um indicador mensal criado pelo Banco Central brasileiro para avaliar a evolução da atividade económica, que ajuda a autoridade monetária do país a tomar decisões sobre a taxa básica de juros.

O cálculo deste indicador incorpora informações sobre o desempenho da indústria, comércio, serviços, do setor agropecuário o do volume de impostos arrecadados no país.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório