Meteorologia

  • 19 MAIO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

"Se um banco em crise não for resolvido, jovens pagarão durante 20 anos"

Autoridade no quadro da União Bancária refere a importância da resolução quando as instituições bancárias estão em crise.

"Se um banco em crise não for resolvido, jovens pagarão durante 20 anos"
Notícias ao Minuto

08:21 - 08/04/19 por Notícias ao Minuto 

Economia Elke König

A presidente do Conselho Único de Resolução, Elke König, considera que se um banco com problemas não for resolvido, quem paga são os jovens nas duas décadas que se sucedem. Este organismo é o responsável por intervir quando os bancos estão prestes a 'quebrar'. 

"A alternativa a uma resolução é que os jovens paguem durante os próximos 20 anos e isso é o que não queremos fazer, porque esses prejuízos não desaparecem", disse König, numa entrevista ao jornal espanhol El País. "A questão é apenas quem os suporta [aos prejuízos]. As pessoas devem entender que se compram ações ou obrigações assumem o risco de perder dinheiro", acrescentou. 

Em junho de 2017, o Conselho Único de Resolução interveio no processo do Banco Popular, que depois foi vendido ao Santander por um euro. 

O Conselho Único de Supervisão é a autoridade de resolução no quadro da União Bancária. Antes, as autoridades de resolução responsáveis eram as nacionais, razão pela qual foi o Banco de Portugal a ditar as duas medidas de resolução aplicadas ao BES e ao Banif. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório