Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Draghi defende independência dos bancos centrais face ao poder político

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, defendeu hoje a independência dos bancos centrais em relação ao poder político para cumprir o seu mandato de conseguir a estabilidade de preços.

Draghi defende independência dos bancos centrais face ao poder político
Notícias ao Minuto

18:35 - 26/10/18 por Lusa

Economia BCE

"A credibilidade depende da independência: o banco central não deve estar sujeito ao domínio orçamental ou político e deve ser livre de eleger os instrumentos mais adequados para cumprir o seu mandato", disse Draghi numa conferência em Bruxelas.

As declarações foram feitas no mesmo dia em que Draghi foi criticado pelo vice-primeiro-ministro de Itália, Luigi Di Maio, que o acusou de "envenenar o ambiente", apesar de ser italiano.

As declarações do dirigente do Movimento Cinco Estrelas surgiram depois de Draghi ter advertido, na quinta-feira, para a tensão em torno de Itália e ter defendido um diálogo com a Comissão Europeia sobre o orçamento italiano para 2019.

O presidente do BCE defendeu "o valor" de um banco central capaz de "atuar decisivamente sem pressão política, em particular na zona euro".

Segundo Draghi, durante a crise financeira, ficou provado que coordenar respostas políticas entre os governos era difícil de conseguir e as soluções "tinham tendência para chegar apenas sob severa pressão do mercado" sendo "com frequência insuficientes".

Face a esta situação, defendeu a utilidade de bancos centrais "poderosos, independentes e não eleitos" que tenham um mandato claro.

Para reforçar esta ideia, Draghi, citado pela agência EFE, disse que foi a independência que permitiu ao banco central a adoção de medidas não convencionais, como o programa alargado de compra de ativos, para cumprir o seu mandato na sequência da crise financeira.

O presidente do BCE salientou que o Tribunal de Justiça Europeu confirmou que este programa de compra de dívida está em linha com o mandato do banco central.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório