Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Kikas: Assinou um póquer, inspira-se em CR7 e sonha com a Premier League

Marcou quatro golos em 16 minutos na Taça de Portugal e garante que nunca sentiu nada assim. Em entrevista ao Desporto ao Minuto, o avançado de 18 anos falou sobre a experiência no Sporting, a evolução no Vitória Sport Clube e revela ambição para chegar mais longe.

Kikas: Assinou um póquer, inspira-se em CR7 e sonha com a Premier League

A carreira de um jogador de futebol não vive apenas de títulos colectivos. Vive também dos registos individuais que fazem os adeptos fixarem o nome de um ou outro jogador. O nome João Diogo Alves Rodrigues diz-lhe alguma coisa? Talvez não, mas se lhe perguntarmos por um tal de Kikas? Sim, esse  jovem de 18 anos que no passado domingo, assinou um póquer na 1.ª eliminatória da Taça de Portugal. 

Do anonimato a tema de conversa um pouco por todo o país, o nome de Kikas depressa ganhou dimensão depois de ter apontado quatro golos em apenas 16 minutos - sim, leu bem - na vitória do Benfica de Castelo Branco sobre o Leiria e Marrazes.

A sensação de concretizar tamanho feito, e numa idade tão tenra, dificilmente será esquecida por Kikas. A garantida foi dada pelo próprio, em entrevista ao Desporto ao Minuto. 

"Foi uma boa experiência. Na minha época de estreia enquanto sénior, marcar um póquer na Taça de Portugal foi uma sensação muito boa. Foi bom ter marcado e ajudado o Benfica e Castelo Branco a passar à próxima eliminatória", começou por contar Kikas. 

Apesar de ser natural de Castelo Branco, o percurso de Kikas já conta com várias passagem fora da cidade da Beira Baixa. Aos 12 anos passou pelo Sporting, mas foi nas últimas duas épocas que acredita mais ter crescido enquanto jogador, ao serviço do Vitória Sprot Clube.

"Gostava de ter tido uma oportunidade na equipa B do Vitória, mas percebi que não iria surgir. Entretanto, recebi o convite do Benfica de Castelo Branco e é aqui que estou focado. Tinha outros convites de outros clubes, mas este regresso a casa foi uma boa opção", explicou, sem esconder que sonha chegar mais alto.

"Acho que comecei bem a pré-época. Está a ser um excelente início de época. Tenho uma meta de 15 golos, e a partir daí quero ver se dou o salto para a Ligas profissionais ou então para fora do país. Vamos ver se vou conseguir", destacou. 

Sobre a experiência no clube de Alvalade, Kikas recorda com carinho os dois anos em que jogou de leão ao peito, mas sublinha que o facto de ser muito novo justifica não ter continuado em Alcochete. 

"Tive dois anos no Sporting, mas depois acabei por regressar. Ainda era muito jovem, treinava aqui [Castelo Branco] à segunda e quarta-feira, e ao fim de semana ia a Lisboa jogar. Era pequeno, não sabia bem o que era futebol. Mas o que me fez crescer, não só como jogador, mas também enquanto pessoa, foram estes dois anos em Guimarães. Fez-me perceber o que é realmente o futebol", frisou. 

Kikas gosta de ser o homem-golo das equipas onde alinha. Esta temporada, já bateu as defensivas contrárias por cinco ocasiões, mas, na última época, ao serviço da equipa de júniores do Vitória, assinou 18 tentos. O estilo condiz com os dos ídolos Ronaldo e Lewandowski, mas sem esquecer o pai.  

"Sou um jogador móvel e não gosto de ficar parado. Gosto de andar à procura da bola. Quando vejo que a bola vai chegar às alas ou se um número dez consegue meter as bolas no espaço, eu estou lá na área para fazer o golo. O meu ídolo sempre vai ser o meu pai. Mas tenho outro ídolo, que é o Cristiano Ronaldo, e também sigo o Lewandowski. Gosto do estilo de jogo de ambos", revelou. 

Tal como a grande maioria dos jogadores, Kikas tem o sonho de um dia jogar na Premier League. O campeonato inglês parece aliciar o jovem de 18 anos, que, apesar da ambição, não deixa de ter os pés bem assentes na terra, preocupando-se essencialmente com o presente. 

"A Premier League é o campeonato onde todos os jogadores querem chegar. Vou trabalhar para isso e espero lá chegar. Estou tranquilo, foi um jogo onde fui feliz e onde marquei quatro golos. Mas o trabalho está aí e vamos ver o que vem aí", rematou, para depois deixar a garantia que o Benfica e Castelo Branco ambiciona subir de escalão. 

"Temos uma equipa muito jovem e trabalhadora, mas vamos trabalhar para subir claro. Sabemos que agora vai ser mais complicado, mas vamos com a mesma ambição com a qual fomos na 1.ª eliminatória. Esta vitória deu-nos confiança para os próximos jogos", rematou. 

Para já, Kikas parece ter conquistado Castelo Branco, mas a ambição dele anseia por mais. Costuma-se dizer que o céu é o limite, mas a meta de Kikas fica em terras de Sua Majestade. A vontade existe, a qualidade também, só falta a sorte estar do lado certo. Mas diga-se o que se disser, um póquer é sempre um bom presságio. 

A Alemanha precisa de ganhar obrigatoriamente à França. Será que se vão desforrar? Aposte 20€ sem risco e ganhe 87€ como a Alemanha vai ganhar!

Múltipla Liga das Nações: Aposte 20€ sem risco como Alemanha e Irlanda vão ganhar e ganhe 190,6€!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório