Chapecoense: Presidentes de Benfica e Sporting lamentam trágico acidente

Luís Filipe Vieira reagiu através de comunicado. Bruno de Carvalho deixou breve mensagem no Facebook.

© F.P.F.
Desporto Mensagem

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, e Bruno de Carvalho, máximo dirigente dos leões, reagiram esta terça-feira ao trágico acidente que afetou a equipa da Chapecoense.

PUB

Vieira disse estar profundamente chocado e deixou a certeza de que o clube da Luz estará disponível para ajudar a formação brasileira.

Bruno de Carvalho mostrou-se igualmente assolado, deixando, em específico, “um abraço” para Marcelo Boeck, guardião que vestiu as cores dos leões.

Leia a mensagem do presidente do Benfica:

"Profundamente chocado com a tragédia que afetou a equipa de futebol sénior da Associação Chapecoense de Futebol, em meu nome e do Sport Lisboa e Benfica endereço ao Clube e às famílias dos jogadores e da equipa técnica, as mais sentidas condolências e a solidariedade nesta hora inesperada de dor.

Perante a tragédia que tocou uma vez mais o mundo do futebol, o Sport Lisboa e Benfica, de forma solidária, manifesta a sua disponibilidade para apoiar a Associação Chapecoense de Futebol na criação de condições para minorar o sofrimento e superar a perda desportiva.

A todos a nossa solidariedade e a nossa disponibilidade como clube de valores, de afetos e de paixão pelo fenómeno desportivo"

Leia a mensagem do presidente do Sporting:

"Nesta hora trágica estou solidário com a Associação Chapecoense de Futebol, com todos os seus adeptos e com as familias dos que estavam a bordo do avião. Ao nosso Marcelo Boeck envio um forte abraço", escreveu o presidente do Sporting na sua página de Facebook, dirigindo uma mensagem especial ao antigo guarda-redes do Sporting, agora naquele emblema brasileiro.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS