Marcelo Boeck joga no Chapecoense, mas não seguia no avião acidentado

Jogador do Sporting emprestado ao Chapecoense não estava no avião que caiu na Colômbia.

© Global Imagens
Desporto Colômbia

Marcelo Boeck, guarda-redes vinculado ao Sporting Clube de Portugal, é um dos atletas da equipa brasileira cujo avião se despenhou esta terça-feira na Colômbia.

PUB

No entanto, o brasileiro não havia sido convocado para a final da Copa sul-americana, frente ao Atlético Nacional, e não estava no aparelho que caiu.

O guarda-redes brasileiro iniciou-se no futebol português pelas mãos do Marítimo em 2007/08 e, em 2011, transferiu-se para o Sporting.

Está emprestado desde janeiro ao clube brasileiro Chapecoense, mas tem contrato com os ‘leões’ até junho de 2018.

Apesar da sua reconhecida qualidade, o facto de não jogar, devido à concorrência e titularidade de Rui Patrício, levou o Sporting a emprestá-lo ao clube do Brasil.

O Chapecoense classificou-se para a final da Copa Copa Sul-Americana, cujo primeiro jogo iria acontecer amanhã, dia 30 de novembro, contra o Atlético Nacional, em Medellin. 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS