Meteorologia

  • 12 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 15º MÁX 23º

Pinto da Costa solta críticas no último dia: "Arbitragens inacreditáveis"

Azuis e brancos entregaram o troféu da Taça de Portugal ao Museu FC Porto.

Pinto da Costa solta críticas no último dia: "Arbitragens inacreditáveis"
Notícias ao Minuto

17:45 - 27/05/24 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

O plantel do FC Porto entregou ao Museu do clube, na tarde desta segunda-feira, o troféu relativo à conquista da Taça de Portugal, alcançado na tarde de domingo diante do Sporting. Foi o último título que Pinto da Costa somou ao serviço dos azuis e brancos.

Naquele que é o seu último dia como presidente da SAD do FC Porto, Pinto da Costa destacou o feito alcançado pela equipa liderada por Sérgio Conceição e, bem ao seu estilo, deixou críticas ao que se passou na temporada que agora termina.

"Hoje é um dia especial para mim, tanto pelo presente quanto pelo passado. Presente, porque é o último dia em que serei presidente da SAD. Amanhã passarei o testemunho ao André Villas-Boas, a quem desejo as maiores felicidades. Especial, porque hoje faz anos que, a 27 de maio de 1987, conquistamos a primeira Taça dos Campeões, o primeiro troféu internacional que deu azo a mais seis. Dia inolvidável, presente aqui diariamente, o arrancar do FC Porto para épocas de glória e vitórias. E também foi a 27 de maio de 2017 que, com um aperto de mão, contratei o Sérgio Conceição para treinar o FC Porto. São duas datas inesquecíveis pela vitória e pelo que significou a sua entrada no FC Porto e os 11 troféus conquistados como chefe da equipa técnica do FC Porto. Este dia será sempre especial pelas três razões que mencionei", começou por dizer Pinto da Costa.

"Estamos aqui para receber esta 20.ª Taça de Portugal, o 11.º troféu do míster Sérgio Conceição, mas estamos aqui, sobretudo, nós dirigentes, eu, míster, o senhor, o presidente André Villas-Boas, e todos os dirigentes, os atuais e os futuros, para homenagear e agradecer a esta equipa", prosseguiu o ainda líder da SAD portista, passando às farpas.

"Foi uma época muito difícil, foi uma época de extrema dificuldade, por razões económicas, por atuação do que havia de maquiavélico nos nossos jogos com arbitragens inacreditáveis, com penáltis por marcar, com penáltis marcados e revertidos, o que nunca se viu em mais clube nenhum, mas só a vossa força de vontade, capacidade e espírito de equipa é que conseguiu o que alcançámos e trazermos esta Taça para o Museu do FC Porto", vincou.

Leia Também: Villas-Boas dá a entender saída de Conceição: "Obrigado pelo que fez"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório