Meteorologia

  • 23 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Álvaro Pacheco pede Vitória "competitivo e audaz" no regresso ao Estoril

O treinador Álvaro Pacheco afirmou hoje que o Vitória de Guimarães deve ser "competitivo e audaz" para derrotar o Estoril Praia, o clube onde iniciou a época, em desafio da 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Álvaro Pacheco pede Vitória "competitivo e audaz" no regresso ao Estoril
Notícias ao Minuto

13:50 - 01/03/24 por Lusa

Desporto I Liga

Contratado pelos 'canarinhos' no início da presente época, o técnico de 52 anos deixou a formação do concelho de Cascais após um triunfo, um empate e quatro derrotas na abertura do campeonato, assumiu o comando dos vimaranenses em outubro de 2023 e contabilizou desde então oito triunfos, quatro empates e quatro derrotas para a I Liga, tendo o objetivo de somar o nono, no sábado.

"Vamos ter um bom desafio. Temos de estar atentos e de saber aquilo que vamos encontrar. Temos de ser uma equipa comprometida e audaz. O Vitória não ganha há três jogos, mas tivemos jogos em que merecíamos ter ganhado. Temos de ser nós, a procurar soluções para as adversidades", disse, na antevisão ao duelo marcado para as 18:00, no Estádio António Coimbra da Mota, casa do Estoril Praia.

O 'timoneiro' vitoriano disse sentir "muito carinho pelos adeptos e por toda a gente que trabalhou" consigo no clube da 'linha de Cascais', mas rejeitou qualquer "vantagem ou desvantagem" pelo facto de conhecer o plantel adversário, que considera recheado de qualidade, e sublinhou que os seus pupilos devem estar ao melhor nível para vencerem.

Quinto classificado, com 41 pontos e um registo de 35 golos marcados e 25 sofridos, o conjunto de Guimarães vai defrontar um oponente em situação aflitiva, fruto dos 22 pontos que lhe valem o 13.º posto, mas com mais golos marcados, 39, e também sofridos, 43, circunstância que levou o técnico vitoriano a projetar um encontro com ocasiões de golo.

"São duas equipas com cariz ofensivo, que querem voltar às vitórias. O Estoril mete muitos jogadores no processo ofensivo, e aproveita muito bem o Rafik [Guitane] e o João Marques no jogo interior. É uma equipa com uma ideia muito bem vincada. (...) Há um fator que pode ser determinante, o fator tempo. Se houver vento o jogo pode ser diferente", antecipou.

Depois de uma jornada em que, face à derrota caseira perante o Casa Pia (2-0), o Vitória viu o quarto classificado, Sporting de Braga, distanciar-se, e o sexto, Moreirense, aproximar-se, Álvaro Pacheco recusou o sentimento de pressão adicional para o duelo com os 'canarinhos', tendo lembrado que "a pressão existe sempre" no plantel vitoriano.

"O Vitória joga sempre para ganhar. Temos de perceber o que nos falta para regressarmos às vitórias. Temos de reforçar a nossa agressividade defensivamente, de manter o nosso jogo posicional ofensivo. O nosso foco é sempre em nós e no que temos de evoluir", referiu.

O Vitória de Guimarães, quinto classificado da I Liga portuguesa, com 41 pontos, visita o Estoril Praia, 13.º, com 22, em desafio marcado para as 18:00 de sábado, no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril, concelho de Cascais, com arbitragem de João Gonçalves, da associação do Porto.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório