Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Mário Narciso pede atenção para evitar surpresas no Mundial

O selecionador português de futebol de praia, Mário Narciso, considera que é preciso estar "mais atento" para evitar o desfecho do último Campeonato do Mundo, em Moscovo, onde Portugal 'caiu' ainda na fase de grupos.

Mário Narciso pede atenção para evitar surpresas no Mundial
Notícias ao Minuto

09:41 - 13/02/24 por Lusa

Desporto Futebol de praia

"Se calhar estarmos mais atentos, se calhar facilitámos demais no último Campeonato do Mundo", disse o treinador, em declarações à agência Lusa, lembrando a eliminação da competição e quando Portugal se apresentava como o campeão em título.

Para a 22.ª edição do Mundial, a 12.º sob a égide da FIFA, a decorrer no Dubai entre quinta-feira e 25 de fevereiro, Mário Narciso promoveu algumas alterações em relação ao último campeonato, com a entrada de cinco jogadores, entre os quais o regressado Jordan Santos.

O treinador manteve oito dos 'eleitos' que estiveram no Mundial2021, mas fez regressar o 'histórico' Jordan Santos, que esteve lesionado no último campeonato, além das chamadas de Diogo Dias, Rúben Regufe, Bernardo Lopes e Duarte Algarvio.

"Felizmente que temos o Jordan, que é uma boa ajuda, mas, infelizmente, tivemos uma baixa muito grande. Ficámos sem aquele que é um dos melhores defesas do mundo. O Rui Coimbra, que, em vésperas de embarcarmos, teve a infelicidade de ter um descolamento da retina e foi operado", disse o treinador.

No setor ofensivo, o selecionador explicou a não convocatória de Von, que tem 94 internacionalizações e 54 golos, lembrando que teve de fazer opções perante uma lista de apenas 12 jogadores, mais um guarda-redes extra.

"Tinha de trazer dois pivôs. E penso que neste caso escolhi os dois que neste momento estão em melhor forma em Portugal. São o Léo Martins e o Miguel Pintado. Se eu pudesse trazer 15 ou 16, mas só posso trazer 12", justificou.

No Dubai, Portugal tem uma lista de 13 convocados, perante a possibilidade de levar um terceiro guarda-redes, que estará na bancada e apenas poderá ser utilizado em caso de lesão de um dos outros dois.

O Mundial de 2024 vai ser o quinto de Mário Narciso à frente da seleção de futebol de praia, dois dos quais como campeão do mundo, em 2015 e 2019, num momento em que o treinador já leva 11 anos ao serviço da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

"Há um ou dois meses, assinei com a FPF por mais dois anos. Portanto, se calhar ainda vou estar no próximo Mundial", admitiu o selecionador, quando questionado se ainda se via na competição do próximo ano, nas Seychelles.

Para já, segue-se o Dubai, com Portugal inserido no Grupo D e a estrear-se na competição frente ao México, na sexta-feira, seguindo-se o Brasil dois dias depois e encerrando a fase de grupos frente a Omã, no dia 20 de fevereiro.

Os dois primeiros classificados de cada grupo apuram-se para os quartos de final, agendados para 22 de fevereiro, sendo que a 'poule' de Portugal cruza-se com o Grupo C, composto por Senegal, Bielorrússia, Colômbia e Japão.

Portugal é tricampeão do mundo (2001, 2015 e 2019), mas na última edição da competição, na Rússia, não passou a fase de grupos.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório