Meteorologia

  • 15 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 26º

'Mamma mia, Niakaté'. Sp. Braga regressa à Champions com derrota tardia

Italianos marcaram primeiro, minhotos reagiram no segundo tempo, mas um autogolo ditou a derrota dos portugueses

'Mamma mia, Niakaté'. Sp. Braga regressa à Champions com derrota tardia

O Sporting de Braga perdeu no regresso à Liga dos Campeões. Mais de uma década depois da última partida na fase de grupos da liga milionária, os minhotos perderam, esta quarta-feira, na receção ao Napoli (1-2), com o golo do triunfo dos italianos a surgir à beira do fim.

Di Lorenzo marcou a fechar a primeira parte, ao passo que Bruma e Niakaté, este na própria baliza, anotaram os golos na segunda parte.

Filme do jogo:

11 anos depois, o Sporting de Braga voltou a jogar uma fase de grupos da Liga dos Campeões. Em relação à ultima partida, a derrota com o Farense, Artur Jorge mudou três peças. E logo de início sabia que o histórico contra italianos não era favorável.

Ainda assim, os minhotos mostraram-se compactos nos minutos iniciais, apesar dos campeões transalpinos terem entrado por cima na partida. Em menos de dez minutos, o brasileiro Matheus Magalhães evitou o golo inaugural. Primeiro, e após erro de José Fonte, o guardião fez uma grande defesa a remate de Osimhen. Pouco depois, defendeu junto ao poste cabeceamentos de Osimhen e Di Lorenzo, praticamente seguidos.

O Napoli continuava por cima e, aos 27 minutos, o nigeriano atirou à barra da baliza minhota. Logo depois, o Sporting de Braga sacudiu a pressão e, após uma boa bola de Al Musrati, Ricardo Horta recolheu o esférico e, no esforço para cortar, Ostigard quase fez autogolo. Antes, um livre de Djaló tinha saído um pouco ao lado.

Seguiu-se, aos 34 minutos, uma grande penalidade que acabaria por ser revertida. À primeira, o neerlandês Serdar Gözübüyük assinalou falta sobre Osimhen. Após rever as imagens do lance, o juiz voltou atrás com a sua decisão.

Já nos descontos do primeiro tempo, os campeões italianos acabariam por abrir as contas em Braga. Depois de um pontapé de canto cobrado na esquerda, a defesa do Sporting de Braga cortou o lance, numa segunda tentativa Osimhen cabeceou contra a defensiva dos adversários e, apenas à terceira, o capitão de equipa Di Lorenzo aproveitou a ressaca para rematar para o fundo das redes.

Sem mexidas para o segundo tempo de ambos os lados, seguiu-se um período de menor intensidade quando comparado com o primeiro tempo. O Sporting de Braga pareceu estar menos nervoso do que nos instantes iniciais do primeiro tempo e prova disso foi que, aos 63 minutos, Ricardo Horta rematou com perigo à baliza contrária. Respondeu Zielinski que rematou cruzado perto da baliza minhota.

Os minutos finais mostraram um Napoli algo relaxado e conformado com o resultado final e foi nessa altura que o Sporting de Braga empatou. Aos 84 minutos, Al Musrati 'roubou' a bola em zona alta, Zalazar cruzou na perfeição e Bruma atirou para o fundo das redes. Mas a festa dos minhotos durou pouco. Logo de seguida, o Napoli voltou a saltar para a frente do marcador aos 88 minutos.. Azarado, o francês Niakaté desviou um cruzamento de Zielinski para a própria baliza.

Mas quando se esperava que o Sporting de Braga fosse abaixo com este resultado, eis que aconteceu o oposto. Primeiro foi Ricardo Horta que atirou de pé esquerdo sobre a barra e, depois, Al Musrati também atirou por cima. E o empate esteve mesmo à beira de acontecer nos descontos. Após passe de Bruma, Pizzi atirou ao poste para azar dos minhotos.

Feitas as contas, o Napoli sai de Braga com três pontos e o primeiro lugar do Grupo C, à frente do Real Madrid. Os minhotos são os terceiros colocado.

Momento do jogo: O azar de uns é a sorte de outros. Niakaté colocou a bola no fundo da própria baliza já perto do fim e entregou a vitória ao Napoli.

Equipas iniciais

Onze do Sporting de Braga: Matheus Magalhães, Víctor Gómez, José Fonte, Niakaté, Cristián Borja, Al Musrati, Vítor Carvalho, Álvaro Djaló, Ricardo Horta, Bruma, Abel Ruiz.

Suplentes do Sp. Braga: Hornicek, Saatçi, André Horta, Paulo Oliveira, Zalazar, Mendes, Adrián Marin, Rony Lopes, Pizzi, Banza, João Moutinho e André Castro.

Onze do Napoli: Alex Meret, Giovanni Di Lorenzo, Juan Jesus, Rrahmani, Olivera, Stanislav Lobotka, Zambo Anguissa, Piotr Zielinski, Victor Osimhen, Khvicha Kvaratskhelia e Politano.

Suplentes do Napoli: Contini, Idasiak, Mário Rui, Natan, Ostigard, Zanoli, Elmas, Gaetano, Lindstrom, Raspadori, Simeone e Zerbin.

Antevisão

11 anos de depois, o Sporting de Braga está de regresso a uma fase de grupos da Liga dos Campeões. Pela frente, os minhotos terão esta terça-feira o poderoso campeão italiano Napoli, que chega à Pedreira com estatuto de favorito. 
 
Apesar do início de época não estar a correr de feição aos transalpinos, a equipa do sul de Itália tem ao seu dispor craques como Osimhen ou Kvaratskhelia que podem fazer a diferença a qualquer momento.

Ainda assim, os minhotos, de Artur Jorge, têm, por outro lado, uma ocasião para mostrar que podem ser um dado que baralhará as contas no Grupo C, no qual os napolitanos são favoritos ao apuramento, a par do Real Madrid, que começa com a receção ao estreante Union Berlim.

O duelo entre o Sporting de Braga e Napoli, que decorrerá no Estádio Municipal de Braga, será arbitrado pelo neerlandês Serdar Gozubuyuk, tem apito inicial agendado para as 20h00 desta quarta-feira e poderá acompanhá-lo, em direto, no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Eis o onze provável do Sp. Braga para a estreia na Liga dos Campeões

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório