Meteorologia

  • 01 OUTUBRO 2022
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 27º

Weigl admite ficar na Alemanha: "Ainda não perguntei quanto podem pagar"

Médio do Benfica acredita que pode "dar muito" ao Borussia Monchengladbach.

Weigl admite ficar na Alemanha: "Ainda não perguntei quanto podem pagar"
Notícias ao Minuto

17:14 - 22/09/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Benfica

Julian Weigl concedeu, esta quinta-feira, uma extensa entrevista à estação televisiva alemã Sky Sport, na qual não descartou a possibilidade de permanecer no Borussia Monchengladbach além de 2023, quando termina o empréstimo por parte do Benfica.

O diretor desportivo do clube da Bundesliga, Roland Virkius, já garantiu que não está disposto a pagar os 15 milhões de euros da cláusula de opção de compra para ficar com o médio, a título definitivo, ao que este responde com algum humor à mistura: "Ainda não perguntei 'Quanto é que podia pagar?'.

"Basicamente, consigo imaginar-me a ficar aqui durante mais tempo. Caso contrário, também não teria dado este passo. No entanto, temos de esperar para ver o que irá acontecer nas próximas semanas e nos próximos meses", começou por dizer.

"Estou a tentar desenvolver-me e contribuir o melhor possível, e, se a temporada correr bem, veremos se ambas as partes estão preparadas para tentar chegar a acordo. Mas ainda falta muito tempo para isso", prosseguiu o internacional alemão.

Julian Weigl fez, ainda, um balanço positivo das primeiras semanas a trabalhar sob as ordens do novo treinador, Daniel Farke, no Borussia-Park: "Neste sistema, com este treinador e estas ideias, posso dar muito à equipa".

Leia Também: Diretor do Borussia M'gladbach: "15 milhões por Weigl? Impossível"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório