Meteorologia

  • 16 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Pinto da Costa: "Se tiver de sair alguém, a equipa terá de ser retocada"

Presidente do FC Porto frisa que não tem intenção de vender nenhum jogador.

Pinto da Costa: "Se tiver de sair alguém, a equipa terá de ser retocada"
Notícias ao Minuto

22:28 - 22/05/22 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

Pinto da Costa deixou, este domingo, a garantia de que não tem intenção de vender jogadores no próximo mercado de transferências, no verão. Após a conquista da Taça de Portugal, o presidente do FC Porto frisou, porém, que a equipa será "retocada" em caso de necessidade. 

"Espero manter o maior número possível, não gosto de vender o passe dos jogadores. Se tiver de sair alguém, a equipa terá de ser retocada. Espero é manter o mesmo nível e vamos partir para a próxima época com a mesma ambição de sempre, de ganhar", começou por dizer Pinto da Costa, na antena da SIC Notícias. 

Sobre a conquista da dobradinha, o líder máximo do FC Porto garante ter ficado "muito feliz" por mais um título. 

"Naturalmente que a dobradinha é sempre recordada anos após ter acontecido, portanto, já de si mostra que é um feito importante. Mais uma vez conseguimos. A primeira vez que vi o FC Porto conseguir a dobradinha foi em 1956, fico muito feliz por termos, mais uma vez, alcançado isso [dobradinha]. Nunca tinha visto o estádio tão bonito, espero poder voltar cá para poder ver mais espetáculos como este", rematou Pinto da Costa. 

Leia Também: As imagens dos festejos da dobradinha do FC Porto no relvado do Jamor

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório