Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2021
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

FC Porto-Moreirense: Dragão em alerta ante cónegos que ainda não venceram

Azuis e brancos procuram regressar às vitórias, após dois empates seguidos. Moreirense tenta alcançar a primeira vitória na I Liga.

FC Porto-Moreirense: Dragão em alerta ante cónegos que ainda não venceram

O FC Porto recebe, este domingo, o Moreirense, em partida válida para a sexta jornada do campeonato nacional, com as duas equipas a chegarem à partida em momentos de forma diferentes.

Na sequência do empate (0-0) com o Atlético de Madrid, na Liga dos Campeões, os azuis e brancos vão tentar regressar às vitórias no principal escalão nacional, depois do empate na última ronda no Clássico frente ao Sporting, com as duas equipas a somaram duas igualdades na I Liga.

Por seu turno, o Moreirense ainda procura a primeira vitória na I Liga, isto depois de na primeira ronda quase ter roubado pontos ao líder Benfica.

Na antevisão ao jogo com os cónegos, o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, exigiu atitude competitiva aos seus jogadores diante do Moreirense, lembrando que as equipas costumam sentir dificuldades após os jogos na Liga dos Campeões.

O FC Porto-Moreirense, partida a contar para a sexta ronda da I Liga, contará com arbitragem de António Nobre, árbitro da Associação de Futebol de Leiria, e tem pontapé de saída agendado para as 18h00.

Treinadores em discurso direto:

Sérgio Conceição:

Jogo: Esperamos um jogo dentro daquilo que é a dificuldade deste campeonato. Os resultados recentes não refletem as qualidades da equipa e dos seus jogadores. Sabemos que individualmente e coletivamente é uma equipa que tem qualidade. Cabe-nos a nós as despesas dos jogo e ir à procura dos três pontos.

Reação após jogo na Champions: Tem-se falado muito, mas não é um problema de Portugal ou do FC Porto. Acho que há uma coisa que tem de ser inegociável, que é a atitude competitiva, independentemente do jogo, do estádio, de quem que que possamos defrontar. Mas é um facto que as equipas no pós-Champions tem alguma dificuldade, não só em Portugal, em toda a Europa. Tem a ver com esses aspetos, se olharmos mais para essa despesa física que os jogadores têm no jogo, mas muitas vezes é mais a nível emocional, sinceramente, sair de um jogo de mediatismo grandíssimo e depois ter de entrar por vezes em jogos em jogadores podem desvalorizar o adversário. Não há perigo maior do que esse e por isso é que depois há dissabores. Alertei para isso no balneário ainda hoje de manhã. Ser-se competitivo é sempre, não só as vezes, ser-se ambicioso e determinado é diariamente. Para mim é inegociável. Não é nenhum recado, mas se eu notar alguma falta de comportamento, e não conto com isso, estou ali no banco para fazer mudanças. Se achar que alguém não esta bem, tem de sair. Posso substituir. A mim quem me pode substituir é o presidente.

Como desmontar o Moreirense: O Moreirense, da minha análise, começou por jogar num 4x3x3 contra o Penafiel, na Taça da Liga, e depois foi mudando. Maioritariamente jogou num 3x4x3, depois, com o jogo correndo bem ou mal muda para 4x3x3 ou 4x4x2, com três médios por vezes, dois deles mais fixos na linha defensiva e um mais próximo do Rafael... Fica difícil prever o que vai acontecer amanhã, mas tenho de conhecer essas diferentes formas de abordar o jogo que o João Henriques tem, os jogadores que podem jogar, que estarão no apoio ao Rafael nas alas... Depende da estratégia do João para o jogo. Cabe-nos ir à procura da vitória, ter as despesas do jogo. Em termos ofensivos termos uma mobilidade constante para ferirmos o adversário onde penso que existem algumas debilidades.

João Henriques:

Jogo: Temos o hábito de dificultar a vida aos 'grandes'. É isso que pretendemos. O histórico do Moreirense não é nada positivo. Nunca conseguiu sequer pontuar no Dragão, mas há sempre uma primeira vez para tudo e vamos com esse intuito de ganhar os três pontos. Isso é imperativo em todas as jornadas, mesmo sabendo que neste jogo 100% da responsabilidade é do adversário.

Estratégia para o jogo: Não estamos a deitar fora a nossa responsabilidade, que é sermos aquilo que temos vindo a ser em qualquer jogo que fizemos até hoje. Temos sempre os olhos na baliza adversária e não é por jogarmos no Dragão que o objetivo deixa de ser este. Agora, conscientes e estrategicamente preparados para defrontar uma das melhores equipas europeias e um dos representantes de Portugal na Liga dos Campeões.

Primeiro triunfo no Dragão: Vamos procurar ser mais felizes. É preciso que essa 'estrelinha' esteja sempre presente para vencer um 'grande', sendo que nós estamos à procura dela para vencer qualquer jogo. Aquilo que temos feito até agora deixa-nos otimistas de que o triunfo acontecerá mais jogo, menos jogo. Esperemos que dê para 'matar o borrego' no Dragão e premeie o trabalho destes atletas, que estão muito concentrados nas nossas dinâmicas.

Últimos resultados:

FC Porto: V-E-V-E-E

Moreirense: D-E-D-E-E

Últimos onzes:

FC Porto: Diogo Costa, Corona, Mbemba, Pepe, Zaidu, Otávio, Uribe, Grujic, Luis Díaz; Taremi e Toni Martínez.

Moreirense: Mateus Pasinato, Paulinho, Rosic, Artur Jorge, Abdu Conté, Fábio Pacheco, Filipe Soares, Gonçalo Franco, Pires, Rafael Martins e Yan Matheus.

Ausências:

FC Porto: Pepe e Marchesín (lesionados) e Toni Martínez (suspensão)

Moreirense: Galego (lesionado) Pedro Amador e Jambor (em dúvida)

Leia Também: "Esperemos que dê para 'matar o borrego' no Dragão"

Leia Também: "Não há perigo maior após a Champions que desvalorizar o adversário"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório