Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2021
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

UEFA proibiu cores LGBT e clubes alemães já responderam

Decisão controversa da UEFA levou clubes a tomar uma posição.

UEFA proibiu cores LGBT e clubes alemães já responderam

A UEFA não autorizou que a Allianz Arena  fosse iluminada com as cores do arco-íris da comunidade LGBT durante o Alemanha-Hungria, esta quarta-feira, às 20 horas, num jogo relativo ao grupo F, onde também aparece inserido Portugal.

O  pedido tinha sido feito pela cidade de Munique em protesto contra uma lei aprovada na Hungria, mas o organismo que tutela o futebol europeu recusou. Uma recusa que já mereceu resposta por parte de vários clubes como o Bayern Munique, o dono do estádio onde se vai realizar o encontro entre Alemanha e Hungria.

"Ter uma mente-aberta e tolerância é fundamental e são valores cruciais na nossa sociedade, valores pelos quais o Bayern defende", afirma Herbert Hainer, presidente do Bayern Munique, através de um comunicado.

Além do Bayern, o Wolfsburgo e o Schalke 04 também responderam à UEFA e ligaram as luzes dos seus estádios.

"Não se trata de fazer nenhuma provocação. Trata-se de fazer a coisa certa", escreveu o Schalke 04 nas redes sociais.

Leia Também: UEFA não autoriza que a Allianz Arena se ilumine com as cores da LGBT

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório