Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Leão encontrou Pote da vitória: As notas do Sporting-Sp. Braga

Pedro Gonçalves quebrou jejum de três jogos sem marcar e reapareceu na melhor altura para colocar o Sporting na frente do marcador diante do Sp. Braga.

Leão encontrou Pote da vitória: As notas do Sporting-Sp. Braga

O ano de 2021 começou, desportivamente, da melhor forma. Sporting e Sporting de Braga protagonizaram um belo espetáculo na tarde de sábado, em jogo da 12.ª jornada da I Liga, mas foram os leões quem entraram no novo ano com razões para festejar. Pedro Gonçalves (55') e Matheus Nunes (78') foram os marcadores de serviço em Alvalade, mas os jogadores em destaque não se resumem aos golos marcados. 

Mais importante do que isso, o Sporting conseguiu consolidar a liderança e manter a pressão nos rivais Benfica e FC Porto. Os leões já acumulam um total de 32 pontos e continuam seguros no primeiro lugar do campeonato. 

Mas vamos aos protagonistas. 

A figura 

Pedro Gonçalves até estava a realizar mais um jogo pouco inspirado. Depois de uma primeira parte absolutamente desastrosa a nível individual, eis que Pote apareceu na segunda parte, mais concretamente aos 55 minutos, para marcar o primeiro golo do jogo e colocar os leões na dianteira do marcador. 

Após três jogos longe dos golos, e das boas exibições, diga-se, eis que Pedro Gonçalves voltou a ser decisivo e adiantou os leões numa fase em que o Sp. Braga parecia mais perto de assumir o controlo total da partida. 

A surpresa 

Se dúvidas existissem ontem ficaram desfeitas. Antonio Adán tem qualidade de sobra para ser titular no Sporting. O guarda-redes espanhol assinou várias intervenções importantes, mas deve estar a causar pesadelos a um jogador em particular: Ricardo Horta. Na primeira parte negou-lhe um chapéu ao não se deixar iludir e na segunda metade 'encheu a baliza' e voltou a negar o golo a uma das maiores figuras minhotas. São guarda-redes destes que valem pontos e Adán não fugiu à responsabilidade de um jogo de capital importância

A desilusão 

Galeno foi a grande surpresa promovida por Carlos Carvalhal no onze do Sporting de Braga, mas acabou por ser anulado em grande medida por Pedro Porro. Depois de ter estado lesionado e de nada fazer prever que fosse lançado em Alvalade, o extremo brasileiro tentou dar velocidade e ousadia aos minhotos, mas esbarrou quase sempre no muro espanhol erguido por Porro. Noite para esquecer. 

Rúben Amorim 

Voltou ao onze base desta época e acabou por ser premiado pela alta eficácia da sua equipa. Além disso tem mérito pela forma como o processo defensivo está cada vez mais oleado e pela forma certeira como operou as substituições. Lançou Matheus Nunes e sete minutos depois o médio brasileiro marcou e arrumou com o jogo em Alvalade. 

Carlos Carvalhal 

Com algumas baixas na defesa, por conta do surto de Covid-19, Carvalhal não deixou de surpreender ao colocar no onze dois jogadores que estiveram limitados fisicamente na última semana: Sequeira e Galeno. Na primeira parte viu a sua equipa encostar o Sporting às cordas, mas a falta de eficácia foi algo que acabou por pagar bem caro nos segundos 45 minutos. 

O árbitro 

Fábio Veríssimo teve como missão arbitrar um jogo difícil e recheado de lances discutíveis. Optou por seguir a avaliação do VAR em todos os lances, protegendo-se desta forma. Noite turbulenta. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório