Meteorologia

  • 25 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Administrador da Benfica SAD renuncia a cargo por perda de legitimidade

Decisão foi comunicada pelo Benfica à CMVM.

Administrador da Benfica SAD renuncia a cargo por perda de legitimidade

O Benfica informou, neste sábado, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a renúncia de Nuno Gaioso Ribeiro, administrador da SAD do Benfica, por este considerar que "perdeu a legitimidade para exercer tais funções uma vez que não integra os novos órgãos diretivos".

Nuno Gaioso Ribeiro integrava a direção de Luís Filipe Vieira desde 2012, todavia não estava integrado na última lista do vigente presidente do Benfica.

Confira então o comunicado do Benfica à CMVM

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (“Benfica SAD”) informa, nos termos e para os efeitos do  disposto no artigo 248-A do Código dos Valores Mobiliários e no artigo 3.º alínea a) do Regulamento da CMVM 5/2008, na sua versão consolidada, que, na sequência do ato eleitoral do Sport Lisboa e Benfica do passado dia 28 de outubro e da tomada de posse dos novos Órgãos Sociais do Clube, o administrador Nuno Gaioso Ribeiro apresentou a renúncia ao cargo de membro do Conselho de Administração da Benfica SAD, considerando o referido administrador que perdeu a legitimidade para exercer tais funções uma vez que não integra os novos órgãos diretivos do Sport Lisboa e Benfica, acionista principal desta Sociedade.

A renúncia aos referidos cargos produz efeitos no final de novembro, salvo se, entretanto, for designado ou eleito o substituto. Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD Lisboa, 30 de outubro de 2020".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório