Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2020
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

"Há muitos atletas que não vão acabar a pré-época. É assim que trabalho"

Fique com alguns dos pontos essenciais da entrevista de Jorge Jesus à BTV.

"Há muitos atletas que não vão acabar a pré-época. É assim que trabalho"

A BTV transmitiu este sábado uma grande entrevista com Jorge Jesus, onde o técnico abordou vários temas. Ao seu estilo, o treinador do Benfica não se recusou a responder a nenhuma pergunta e sublinhou que já tem em mente o projeto que quer desenvolver na Luz.

Entre reforços confirmados e possíveis contratações, Jorge Jesus revelou que Luís Filipe Vieira está a fazer tudo para trazer Cavani para a Luz.

Além disso, o timoneiro das águias falou ainda da aposta na formação e nos jogadores que já pensa em dispensar.

Dispensas: "Já há alguns nomes nos quais eu tenho a minha decisão tomada, face às suas posições e quantidade de jogadores para aquela determinada posição e também devido ao historial da época passada. Mas como eles ainda são jogadores do Benfica, temos de os respeitar e é isso que eu vou fazer. É com grande prazer e satisfação que vou começar uma época com um leque de jogadores, como eu normalmente faço. Quando começo uma pré-época, eu não vou logo com esse plantel determinado. Gosto de tentar conhecer melhor os jogadores, ter ideias mais fixas... Porque uma coisa é conhecer um plantel de fora e outra é conhecer um plantel de dentro. Há muitos jogadores que ainda não chegaram e há muitos que vão começar a pré-época e não vão acabar. É normal no futebol e é assim que trabalho. Não tenho receio de assumir e dizer-lhes que têm de procurar outro projeto".

Aposta na formação: "Portugal é um país vendedor de jogadores. É por isso que Portugal tem continuado a apostar na formação de jogadores. Muitas vezes pensa-se que o apostar na formação é formar uma equipa toda vinda de jovens da formação. Não há equipa que exista assim. O João Félix é um exemplo. Não há muitos como ele. Com Cristiano Ronaldo foi igual. O importante para mim é saber formar e saber o gabinete de prospeção que o Benfica tem e formar um núcleo entre a formação e prospeção que dê para criar uma equipa assim. FC Porto e Sporting não têm nada assim. Ramires, David Luiz, Saviola, Aimar... Olhas para o FC Porto deixou de ter James Rodríguez, Falcão, Lucho González. O Sporting é igual. Os clubes já não têm a capacidade que tinham. Lembro-me que durante os seis anos que estive no Benfica vendemos muitos jogadores que, mesmo não saindo da formação, deram muito dinheiro. Não interessa a idade, mas sim a qualidade".

Exemplo de Reinier: "No Flamengo pensei que precisava de um jogador, com uma certa característica, que nós ainda não tínhamos. E o quê que eu fiz? Fui à formação buscar o Reinier e ele acabou por sair por 30 milhões de euros para o Real Madrid. Para mim, o que realmente importa é a qualidade do jogador, não a idade".

Contratações: "Desde a minha chegada só contratamos dois, mas o [Everton] Cebolinha ainda não está 100% certo. O Gilberto já foi apresentado. No máximo vamos contratar seis, sete jogadores, a contar com os dois que já foram contratados."

Hélton Leite: "Não o conheço muito bem. O Odysseas conheço porque vi mais jogos do Benfica. Os jogos do Benfica dão no Brasil, os do Boavista não. Queremos ter mais do que um bom guarda-redes."

Gilberto: "Foi um jogador que já tentei antes de ir para o Benfica contratar para o Flamengo. Não consegui, não chegaram a acordo, mas agora houve a possibilidade de o trazer para o Benfica. É um jogador tecnicamente evoluído, mas não é um jogador que possa à primeira ideia ser um jogador com uma qualidade técnica muito superior. Mas é muito competitivo, joga 90 minutos sempre muito forte. É bom ofensivamente e faz golos. Tem alguns defeitos, mas por isso é que aqui estou. Ele e o André Almeida vão disputar a titularidade, mas há espaço para todos e todos vão ser titulares".

Cavani: "Isso é outra história. Não precisa que eu ligue, é um jogador que deve ter várias possibilidades de mercado e deve estar a pensar sobre as opções. Quando chegamos eu não o pedi. Se me perguntarem se quero? Quem não quer? Não só para o Benfica, como para o futebol português. Nós em Portugal temos dificuldade em competir com outras equipas de outros países. Se pudessemos competir com os outros, já tínhamos ganho uma Champions! Financeiramente não é fácil e tem de existir uma engenharia financeira, onde o presidente é muito forte. Já estava a ser falado e conversado antes de eu chegar ao Benfica. O presidente está a fazer tudo para que isso aconteça".

Polémico telefonema a Everton Cebolinha: "É verdade que liguei para ele, pelo facto de ser um dos alvos que para mim é importante. É um jogador que, pela qualidade que tem, é titular na seleção do Brasil. Sabia que tinha o Everton e outra equipa alemã interessada. Procurei convencê-lo a vir para o Benfica, pelo clube que é e pelo projeto que tem. Pelos planos que tem para atacar a Champions e outras competições que estão no nosso calendário. Tentei movê-lo a vir trabalhar comigo. Nunca disse para ele não jogar. Ele quando chegar a Portugal pode dizer se o convenci a não jogar. A atitude dele depois ainda me deixou mais satisfeito, pois foi falar com o treinador e disse que queria jogar a final".

Palavras sobre Pedrinho em janeiro"Se eu estivesse a contratar um jogador para o imediato, havia jogadores com mais experiência no Brasil como o Cebolinha ou o Dudu. Foi isso que eu disse. O Pedrinho é um jogador jovem com talento, para ser trabalhado, ao contrário do Cebolinha que está feito. Tem potencial".

Contratações no Flamengo?: O Flamengo está, seguramente, ao nível das três melhores equipas do Mundo, onde está o Manchester City, o Liverpool... depois temos aqui uma dúvida sobre qual será a outra. Tanto é assim que fomos [Flamengo] a uma final do Mundial de Clubes diante do Liverpool, onde eu não vi diferença nenhuma, a não ser no maior nível de jogos que já tínhamos nas pernas. Isto tudo para te dizer que o Flamengo tem grandes jogadores. Sou grato às pessoas que me amam, os jogadores estão no meu coração. Custou-me imenso sair de lá. Não quero mexer mais com isso. Não pedi nenhum jogador do Flamengo ao presidente".

Diogo Gonçalves: "É um jogador formado no Benfica. Pedi para ele fazer o início da época, quero conhecê-lo melhor. Quero-o a trabalhar comigo e, no caso do Diogo, é um pormenor e uma ideia de que tem a ver com o que disse".

Posição de Pizzi: "Os adeptos sabem melhor do que eu, mas o Pizzi talvez tenha sido o segundo melhor jogador do Benfica. Para um jogador que joga ali, marcar os golos que ele marca é significativo. É um jogador que pode jogar em duas posições, mas penso que é um jogador de último passe, de pôr a bola na cara do avançado. É um jogador de corredor central, mas vamos ver se é melhor atuar no corredor".

Palavras de Rúben Amorim: "Ele está pronto para a guerra verbal. Eu percebi o que ele quis dizer. Em Portugal há uma guerra verbal muito forte. O que é importante que todos nós possamos defender os interesses das nossas equipas, ele também vai, o Sérgio também vai. Os 'mind games' não ajudam a ganhar jogos.

Luta a quatro?: "Sim, penso que o Sp. Braga está a dar passos para estar com os três grandes. Mas ainda não está ao nível por um motivo: não tem a matéria humana que os restantes três têm.

Palavras na apresentação: "Se o Benfica este ano, depois de não ter ganhado nenhuma competição, se quer ganhar, temos de ser muito melhores. Para sermos melhores, duplicar não chega, tem de ser a triplicar. O arrasar vem de uma convicção e de uma certeza de que vamos construir uma grande equipa para podermos arrasar. Isto tem a ver com uma equipa que joga para arrasar. Com sentido de baliza, de golo, que pode arrasar o adversário. Foi por isso que falei em arrasar".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório