Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2020
Tempo
22º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

"Achas que és o Eusébio?", a reprimenda de Jorge Jesus a Victor Andrade

César, atualmente ao serviço do Santa Clara, não esquece momentos vividos sob o comando do treinador português.

"Achas que és o Eusébio?", a reprimenda de Jorge Jesus a Victor Andrade

César Martins assinou uma curta passagem pelo Benfica, mas não esquece as aprendizagens e as reprimendas de... Jorge Jesus. O defesa brasileiro que está, agora, ao serviço do Santa Clara destaca a forma como o treinador português corrigia o seu posicionamento em campo e garante que não havia favoritos. 

"Levei uma reprimenda no primeiro minuto do treino. No Brasil, quando um defesa central vai pedir a bola, ele dá uns passos para trás para receber e ter mais espaço. Eu fiz isso, mas o Jesus parou o treino naquele exato momento: 'Vais receber a bola onde? Lá no outro campo? É na mesma linha, miúdo! Não estás mais no Brasil'", começou por contar César, em entrevista ao ESPN, antes de recordar um erro cometido durante um jogo com o FC Porto. 

"No Brasil, os defesas têm o hábito de ir para a linha do golo [nos cantos] e ficar ao lado do guarda-redes e eu fiz isso. A bola entrou, mas o árbitro anulou porque bateu na mão de alguém. No dia seguinte, o Jesus veio para cima de mim. Na hora de mostrar o vídeo do jogo para todo o plantel, ele disse; ‘Estás a ver aqui? Achas que és o guarda-redes? Artur, dá-me as luvas que vou dá-las a ele. Não estás no Brasil'", recordou César. 

No entanto César não era o único alvo das reprimendas dadas por Jorge Jesus. Victor Andrade, extremo brasileiro que também assinou uma passagem sem grande sucesso na Luz, também foi visado pelo treinador português. 

"O Victor pegou na bola quase no meio de campo e rematou. O Jesus gritou do banco: 'Achas que és o Eusébio?'. Num outro treino, o Victor estava a correr muito e mexia-se demasiado. O Jesus parou e disse: 'Achas que estás no Brasil? Não és o Neymar, vai lá para a tua posição'", contou.

Apesar das sucessivas chamadas de atenção, César elogia a forma de trabalhar de Jorge Jesus e tece elogios à forma como o treinador do Flamengo trata os jogadores. 

"Ele trata todos muito bem, não tem preferências. É muito especial por tudo que vê no jogo e o consegue retirar o máximo dos jogadores. Algumas pessoas não entendem, mas quem entende aproveita muito. Até podes ficar chateado na hora com alguma coisa, mas no final vais perceber que ele tem razão", rematou o defesa brasileiro do Santa Clara que também jogou no Flamengo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório