Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Andrézinho brilha no Alverca e avisa: "O Sporting não terá tarefa fácil"

Tem 22 anos e é um dos jogadores mais importantes da formação do Ribatejo. Andrézinho garante que o jogo com os leões, a contar para a Taça de Portugal, será encarado como uma partida "normal".

Andrézinho brilha no Alverca e avisa: "O Sporting não terá tarefa fácil"

O sorteio da Taça de Portugal ditou que Alverca e Sporting medissem forças em jogo da 3.ª eliminatória. A formação do Ribatejo está numa boa fase no Campeonato de Portugal - na qual a subida à II Liga é o maior objetivo - e Andrézinho garante que os leões não terão tarefa fácil. 

Em entrevista exclusiva ao Desporto ao Minuto, o médio/extremo de 22 anos, um dos jogadores mais influentes da equipa orientada por Vasco Matos, revela-se "contente" por defrontar uma equipa com a dimensão do Sporting. 

"O jogo com o Sporting será um jogo normal, onde o nível de ansiedade não será alto. Vamos encará-lo como se fosse um jogo do nosso campeonato. Foi esse o nosso pensamento no momento do sorteio, mas tendo a noção de que o Sporting é um grande. Mas a nível de ansiedade, estamos tranquilos", começou por dizer Andrézinho ao nosso site. 

Entre um recado ao Sporting e a montra da Taça 

O jogador português, que assinou uma passagem de dois anos na formação do Benfica, acredita que a partida entre Alverca e Sporting justifica aquilo que diz ser "a festa da Taça de Portugal."

"Os jogadores não estavam juntos no momento do sorteio. Acompanhámos cada um à sua maneira. No meu caso, fiquei contente. É isto a festa da Taça. É sempre bom defrontar as melhores equipas, ainda para mais quando se trata de jogar contra um grande em nossa casa perante os nossos adeptos", afirmou. 

Ainda assim, e apesar de elogiar as qualidades e os jogadores do Sporting, Andrézinho deixa um recado ao adversário da Taça, sublinhando que os alverquenses estão preparados para jogar com qualquer equipa. 

"Claro que olhamos para este jogo como uma montra. Será um jogo normal, mas com algo de diferente porque será uma montra. Vai haver muita gente a assistir, mas vamos estar tranquilos. Desde do início do campeonato temos trabalhado muita coisa. O Sporting pode esperar muito trabalho da nossa parte. Estamos cada vez melhores, semana após semana. De jogo para jogo, as ideias estão cada vez mais assimiladas. O Sporting não terá tarefa fácil ao jogar em nossa casa. Vimos de um ciclo vitorioso", argumentou. 

Ensaio com o Benfica trouxe certezas 

Na última semana, e em jeito de ensaio para Taça, a equipa do Alverca fez um jogo treino com o Benfica, no qual acabou derrotada (0-2). Apesar do resultado negativo, Andrézinho acredita que a formação do Ribatejo retirou coisas boas do duelo com as águias

"Foi um jogo importante. Um bom teste para nós que serviu para percebermos que temos muita qualidade para jogar estes jogos. Tanto o Benfica, como o Sporting ou qualquer equipa vão ter sempre dificuldades em jogar contra nós. Somos capazes de causar problemas às grandes equipas", explicou. 

Para o jogo de quinta-feira, diante do Sporting, o extremo português espera que os adeptos compareçam em grande número no estádio. Afinal de contas, são eles que podem fazer a diferença num encontro de grande importância

"A cidade merece ter de volta o velho Alverca. Com a entrada da SAD, começaram a vir cada vez mais pessoas ao estádio. Os adeptos aparecem cada vez mais nas bancadas e entram com a camisola do nosso clube. Isso é muito bom, As vitórias têm ajudado. Contra o Sporting, vamos precisar do apoio dos nossos adeptos. Todos juntos, vamos lutar todos pela vitória", ressalvou. 

Projeto do Alverca convenceu-o a mudar-se para o Ribatejo 

Andrézinho esteve em plano de destaque na temporada passada ao serviço do Casa Pia. A equipa que se sagrou campeã do terceiro escalão do futebol português, e que garantiu o acesso à II Liga, contou com a participação direta do extremo de 22 anos que, porém, mudou-se para o Ribatejo no verão. 

"Aceitei logo este projeto pelos fatores que me apresentaram. É um projeto ambicioso para os jogadores, para os adeptos e para a cidade. Estamos a tentar recuperar aquele Alverca do passado para o futuro. Claro que as pessoas sentem a falta de viverem os jogos com as grandes equipas", refere, recordando também o desempenho individual da temporada 2018/19. 

"O ano passado foi um ano em que cresci muito. Subi consideravelmente os meus níveis. A minha confiança aumentou e isso deve-se à época transataFoi muito bom ter chegado ao final da época com um título. Os meus objetivos passam sempre por melhorar. Tenho, claro, o sonho de jogar na I Liga e de chegar às ligas internacionais. Mas tenho apenas 22 anos, tenho muito para trabalhar e para aprender", destaca. 

Notícias ao MinutoAndrézinho ao serviço do Casa Pia na temporada passada. © Global Imagens 

Convidado a descrever-se enquanto jogador, Andrézinho garante que gosta de ter a "bola no pé" e que gosta de "controlar o ritmo de jogo", ao mesmo tempo que assegura "empenho total" em todos os momentos do jogo e cuja intensidade está sempre no nível mais elevado. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório