Meteorologia

  • 18 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 21º

Edição

"Voltar ao Benfica é o prémio da qualidade que Chiquinho tem"

O novo médio criativo do Benfica nem sempre passou pelos melhores momentos, mas o talento garantiu-lhe oportunidades para brilhar. Em 2016 regressou ao Leixões em final de contrato, mas um teste na pré-época mudou tudo.

"Voltar ao Benfica é o prémio da qualidade que Chiquinho tem"

Chiquinho é um dos quatro reforços já assegurados pelo Benfica para a nova época. Depois de uma curta passagem pela Luz, há precisamente um ano, o médio de 23 quer agora afirmar-se definitivamente na equipa campeã nacional. 

Após uma boa época ao serviço do surpreendente Moreirense, onde os números não deixaram margem para dúvidas, Chiquinho tem agora condições para se impor no Benfica. É essa a certeza de quem tão bem o conhece. 

Mas recuemos até ao verão de 2016. Chiquinho fazia parte dos quadros do Leixões, mas estava em final de contrato depois de ter estado emprestado ao Gondomar. A experiência no Campeonato de Portugal não foi a melhor e Chiquinho somou apenas 13 jogos ao serviço do emblema de Gondomar, sete dos quais na condição de titular. 

O regresso a Matosinhos poderia ser o fim de linha para Chiquinho no Leixões, mas eis que a difícil situação financeira do clube nortenho abriu uma porta inesperada. Filipe Coelho assumiu o comando técnico nessa altura e pediu para ver todos os jogadores que o Leixões tinha emprestado. 

"O Chiquinho era um jogador que tinha apenas sete jogos a titular no Gondomar em 13 jogos no Campeonato de Portugal. Nós optamos por ver todos os jogadores que tínhamos emprestados, embora estivessem em final de contrato, e contratar alguns que vinham do Campeonato de Portugal”, começa por contar Filipe Coelho, em declarações ao Desporto ao Minuto.   

E esta foi uma 'porta aberta' para Chiquinho: "Veio fazer a pré-época connosco, sem nada definido, e era um jogador que jogava no corredor. Passou a jogar por dentro e, na primeira semana ou na segunda semana, falámos com o presidente e renovámos contrato com ele por três anos, porque ele, de facto, mostrava uma capacidade com bola muito acima da média. Foi fácil. Nós apostámos nele desde do início. Eu fiz 14 jogos na II Liga e ele jogou em todos, 13 deles na condição de titular e um como suplente utilizado", explica o técnico que atualmente integra a equipa técnica liderada por Paulo Bento na seleção da Coreia do Sul.  

 Não comparando com o Pizzi ou o Renato Sanches, e o Bruno Lage saberá qual a melhor posição para Chiquinho (...) Tem uma capacidade de decisão muito boaChiquinho deu, assim, nas vistas, renovou contrato e convenceu a equipa técnica e também.... os colegas de equipa. O defesa André Teixeira foi contratado nessa altura e quando viu Chiquinho nos treinos ficou impressionado. 

"Ele era bastante novo, mas já via nele grande qualidade. Logo nos primeiros jogos e nos primeiros treinos senti que ele era um jogador diferente. Era alguém que tinha alguma coisa de diferente", recorda André Teixeira, em declarações ao Desporto ao Minuto.  

O lateral português, atualmente ao serviço dos cipriotas do AEL Limassol garante ainda que, naquela altura, encontrou em Chiquinho semelhanças com Renato Sanches. 

"Quando comecei a jogar com ele, a primeira imagem que me deu foi um jogador estilo Renato Sanches. Naquela altura em que ele conseguia carregar o jogo de trás para a frente. Ele tinha essa qualidade de transportar bem o jogo. É um jogador com muita qualidade, é muito bom entre linhas, ali no meio-campo. Tem boa qualidade de passe. Pode trazer isso ao Benfica, que é uma equipa recheada de grandes jogadores. Acho que a qualidade dele vai sobressair no Benfica", assegura André Teixeira.  

Notícias ao MinutoChiquinho em ação no arranque da pré-temporada do Benfica. © Reprodução Twitter SL Benfica

'A oito rende mais'  

A chegada de Chiquinho garante mais uma opção para o plantel às ordens de Bruno Lage. O médio de 23 anos atua, em condições normais, no centro do terreno, mas também pode ser colocado no corredor ou até mesmo na posição de dez. No entanto, Filipe Coelho e André Teixeira não têm dúvidas que é na posição oito que Chiquinho pode explorar todas as capacidades e influenciar diretamente o futebol do Benfica

"Eu gosto mais de ver o Chiquinho em campo como um número oito. É alguém que pode pegar no jogo de trás para a frente. Ele tem essa qualidade de transporte de bola e de queimar metros em campo. É uma grande qualidade. Na minha opinião, ele é mais um número oito", afirma o lateral que realizou mais de 20 jogos ao lado do agora jogador do Benfica. 

O treinador Filipe Coelho concorda, mas alerta que Chiquinho não deve ser comparado a nenhum jogador que faça ou que já tenha feito parte do plantel do Benfica. 

"Honestamente, não o devemos comparar com nenhum outro jogador. Não comparando com o Pizzi ou o Renato Sanches, e o Bruno Lage saberá qual a melhor posição para ele, para mim onde ele pode ter mais rendimento é como número oito, ou como médio interior ou médio centro. Tem uma capacidade de decisão muito boa, uma capacidade de progressão com bola, tem remate e tem jogo exterior. É um médio moderno, é um médio de equipa grande, um médio que gosta de ter bola, que gosta de fazer jogar. Acho que ele é realmente um oito e que pode jogar como médio interior, mas é a oito que pode render mais", defende o técnico de 38 anos, realçando o que Chiquinho pode dar ao Benfica dentro de campo.

"É um jogador cheio de talento e que por vezes encontra a solução onde ninguém está à espera. Acho que ele pode trazer esse critério do último passe e essa capacidade de encontrar espaços", refere.

O miúdo que gosta de ser corrigido 

A humildade parece ser parte essencial na personalidade de Chiquinho. Dentro de campo, o médio de 23 anos parece ser o comandante de todas as operações, mas nunca desiste de poder aprender mais jogo após jogo e treino após treino.

"Ele tem a capacidade de ser humilde. Quando falamos de jogadores, temos de pensar não só na capacidade técnica e tática, mas também naquilo que eles também são enquanto pessoas. O Chiquinho é, de facto, uma pessoa com uma capacidade de trabalho e uma humildade muito grande. Só assim chegou a este patamar", conta Filipe Coelho que recorre a um episódio vivido no Leixões. 

Notícias ao MinutoChiquinho em ação pelo Leixões.© Global Imagens

"Recordo-me do primeiro jogo dele. Nós estávamos a jogar para a Taça da Liga e ele perdeu a bola na primeira fase da construção, empatámos e acabámos eliminados nos penáltis. Ele estava muito preocupado na semana a seguir porque tinha cometido um erro. Acho que apostar nos jovens - que naquela altura era uma necessidade -, é isto: quando acontece um erro, voltar a dar-lhes oportunidade para não cometerem esse mesmo erro. Era um jogador que precisava de confiança. Após sentir a confiança, estava disponível para tudo. Era um excelente profissional e nunca tive um único problema com ele. Estava sempre disponível para ser corrigido, sempre disponível para comunicar e para aprender. Sempre com uma humildade grande sem qualquer tipo de problema em ser chamado à atenção. Agradecia quando era corrigido. Era um miúdo fantástico e com toda a disponibilidade para aprender", revela o antigo treinador do Leixões. 

Também o defesa André Teixeira reconhece em Chiquinho uma grande vontade de melhorar e garante que o amigo sempre foi dedicado ao futebol.

"Voltar ao Benfica é um prémio e o reconhecer da qualidade que ele tem. É um jogador que trabalha muito e isso eu posso comprovar. Acompanho-o há muito tempo, porque desde o Leixões construímos uma grande amizade. Sei o quanto ele se dedica ao futebol. É mais do que merecido", frisa André Teixeira. 

Passagem por Moreira de Cónegos foi certeira 

A época em Moreira de Cónegos tornou Chiquinho num jogador apreciado um pouco por todos os adeptos. A forma como assumia a 'batuta' na equipa de Ivo Vieira conquistou os cónegos e fez bem ao talento do médio de 23 anos. No fundo, tratou-se da época de total afirmação no principal escalão do futebol português. Ainda assim, a qualidade de Chiquinho ainda pode trazer mais dividendos, na opinião de Filipe Coelho. 

"Ele fez, sem dúvida alguma, uma época muito boa. Foi a temporada de afirmação dele, dando seguimento àquilo que tinha feito nos últimos anos. Tem sido uma evolução tremenda que lhe permite chegar ao Benfica, onde certamente continuará evoluir, agora de forma diferente. Certamente tornar-se-á num jogador melhor nos próximos anos", explica o técnico português. 

Notícias ao MinutoChiquinho assinou uma bela temporada com a camisola do Moreirense: 10 golos em 38 jogos. © Global Imagens

Por seu turno, André Teixeira acredita que a experiência no Moreirense deixa Chiquinho mais "preparado" para assegurar um lugar nas principais escolhas de Bruno Lage. Para tal acontecer, o médio de 23 anos, segundo o antigo companheiro do Leixões, só tem de esperar e agarrar as oportunidades.

"Acredito que tem qualidade para se afirmar e impor. Já o ano passado tinha feito a pré-época no Benfica e fez alguns bons jogos. Acredito que as coisas estavam a correr bem, mas também acho que a passagem no Moreirense lhe fez bem. Agora está mais preparado com uma época inteira na I Liga. Se tiver oportunidades, acredito que vai conseguir encaixar e demonstrar todo o valor que tem", sublinha. 

Seleção no horizonte mas com cautelas 

A nova fase da carreira de Chiquinho pode abrir-lhe as portas da seleção nacional. A criatividade do novo médio do Benfica pode convencer Fernando Santos a chamá-lo no futuro, mas para tal acontecer é preciso impor-se primeiro no Benfica. 

"É prematuro estar a falar da seleção. Acho que se ele conseguir ganhar espaço no Benfica, que é aquilo que espero e desejo, estará perto da seleção. Mas, nesta fase, deve, e ele sabe disso, ir com calma e tentar ganhar espaço no plantel. Jogar o maior número de jogos e fazê-lo com qualidade para depois, se o selecionador achar, poder ser chamado à seleção. Capacidade para isso tem, mas é importante que ele consiga continuar a fazer aquilo que fez até aqui. Passo a passo, com calma e não estar a pensar em degraus que ainda estão longe. Primeiro ganhar o espaço dele, trabalhar e procurar ficar no Benfica. Depois, se conseguir isso, pode chegar à seleção porque quem joga no Benfica e é português está mais perto da seleção, obviamente", refere Filipe Coelho. 

Esta é uma opinião também partilhada por André Teixeira que recorda que a carreira de Chiquinho tem sido pautada pelos passos em frente e com total consolidação.

“Acredito que ele possa chegar à seleção nacional. Jogando no Benfica, torna-se mais fácil ser chamado. Acredito que se as coisas continuarem a seguir da mesma forma como têm corrido até agora, a subir cada degrau, vai lá chegar. As coisas vão acabar por aparecer naturalmente", atira. 

Uma amizade "para a vida"

A amizade de Chiquinho e André Teixeira começou no Leixões e promete ser para a vida. Por isso mesmo, o jogador português que joga no Chipre não esconde a satisfação por ver o antigo colega e amigo chegar ao Benfica.

"Ainda agora estivemos juntos nas férias. Ele até foi ao meu casamento. Continuamos a manter contacto. Falamos muitas vezes por mensagem. Aliás, ele até foi à minha despedida de solteiro. Sempre que estou em Portugal, tento estar com ele e com outro grupo de amigos que temos em comum. É uma amizade que construímos para a vida", garante o defesa português. 

Chiquinho parece assim ser um jogador em quem estão depositadas grandes esperanças. Quem o conhece não tem dúvidas que a qualidade e a humildade foram os ingredientes que o fizeram regressar ao Benfica com outro estatuto. Só o tempo dirá se Chiquinho conseguirá brilhar na Luz, mas o orgulho de quem o viu crescer parece estar à altura das pinceladas de talento que espalha dentro de campo. 

Notícias ao MinutoChiquinho ficará ligado ao Benfica até junho de 2024. © Reprodução Site Benfica  

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório