Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2019
Tempo
20º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Os segredos de Lage: Das 'pedras' recuperadas à faceta humana

Técnico conseguiu transformar a capacidade da equipa muito por culpa da tremenda confiança que passa aos jogadores, especialmente aos mais 'apagados'.

Os segredos de Lage: Das 'pedras' recuperadas à faceta humana

Em pouco mais de mês e meio, Bruno Lage conseguiu alterar por completo a realidade do universo benfiquista. A equipa passou a vencer e a convencer, a aposta na formação adquiriu nova dimensão e os adeptos ganharam uma enorme dose de confiança. Como sempre no futebol, os resultados falam por si e na Luz não foi exceção.

Neste período com o novo técnico ao leme, os encarnados somaram 10 vitórias e apenas uma derrota nos onze encontros realizados. O único desaire aconteceu diante do FC Porto, na 'final-four' da Taça da Liga. 

Se as oportunidades dadas a jovens como Ferro, Yuri Ribeiro ou Florentino Luís e o reforço da aposta em João Félix conferem um maior brilho ao trabalho do treinador, totalmente identificado com o projeto que Luís Filipe Vieira tem para o clube, assente nos 'produtos' do Seixal, a capacidade para revitalizar 'pedras' que pareciam gastas foi outro dos segredos de Lage.

Jogadores como Gabriel e Samaris pareciam ter um pé fora da Luz, mas a chegada do novo líder mudou esse destino. O brasileiro passou a dividir o 'miolo' com Fejsa, num sistema de 4x4x2, e o seu futebol foi fluindo. Intenso na função de '8', o médio começou a fazer a diferença no setor intermédio, quer pela notável qualidade de passe, quer pela capacidade para funcionar como um verdadeiro 'box-to-box', pautando o jogo da equipa, e até já se estreou a marcar - frente ao Sporting para a Taça de Portugal (2-1). Já o grego ultrapassou Alfa Semedo na hierarquia dos médios-defensivos, beneficiou da ausência de Fejsa para mostrar serviço em campo e a verdade é que tem cumprido à risca os pedidos do treinador. 

A velha máxima de que defende que "todos contam" não poderia ser melhor aplicada. Esta sempre foi a filosofia adoptada por Bruno Lage e passada ao plantel desde o momento em que assumiu o comando da equipa.

A sensibilidade para lidar com cada uma das personalidades que tem dentro do balneário e a frontalidade e sinceridade que prima na relação com os jogadores foi outro dos ingredientes para que o jovem técnico, de 42 anos, conseguisse extrair todo o valor, não só de Gabriel e Samaris, como até de Pizzi, que voltou aos tempos de 'maestro' dos encarnados, com exibições de encher o olho, e Seferovic, que 'explodiu' verdadeiramente, somando já sete jornadas consecutivas a marcar. 

Segundo foi possível apurar pelo Desporto ao Minuto, junto de fonte próxima das águias, estas características humanas de Bruno Lage têm servido de complemento perfeito para a inegável competência enquanto treinador. A direção do Benfica mostra-se extremamente agradada com o trabalho realizado pelo técnico e a renovação do contrato - ontem oficializada - é apenas uma recompensa. Apontado com um treinador 'à Benfica', Lage ainda agora iniciou o seu percurso na equipa principal, mas a verdade é que estes primeiros passos prometem uma caminhada... com 'pedras' sólidas.

Registe-se na Betano e aproveite o Bónus de 50% até 50€ no primeiro depósito! Jogue no Casino e ganhe Rodadas Grátis!

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório