Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

Novo álbum d'Os Azeitonas é "eclético, com humor e ironia"

O novo álbum d'Os Azeitonas, "Reconstrução", disponível a partir de sexta-feira, é "eclético, com humor e ironia, tocando várias sonoridades", antecipou à agência Lusa Mário Brandão, 'Marlão', da banda nortenha.

Novo álbum d'Os Azeitonas é "eclético, com humor e ironia"
Notícias ao Minuto

18:14 - 29/09/22 por Lusa

Cultura Música

"O álbum foi construído em jeito de concerto, abrindo com um tema leve, depois seguem-se outros, mais 'dark', intimistas, como um interpretado por Salsa [João Salcedo], que se estreia a solo com a canção, 'Ano Perdido', de sua autoria, revelando uma voz única na música portuguesa, grave e rouca, e terminamos em [Fim da...] festa", disse.

João Salcedo assina cerca de metade das canções do alinhamento, seis, entre as quais "Naufrágio", "Ernesto" e "Três dias".

"Guitarrista do Liceu", de Pedro Silva Martins, é o tema de abertura do álbum, que inclui ainda "Solta a Voz", de Mário Brandão, e "Carrossel", música de Sérgio Marques, e "As Notícias", que revela a estreia do compositor João Couto.

A banda é constituída por Marlão (voz), Luísa Nena Barbosa (vocalista) e João Salcedo 'Salsa' (vocalista e teclado).

O álbum começou a ser pensado antes da pandemia de Covid-19, e uma das primeiras escolhas foi o título "Reconstrução", "porque estamos em constante reconstrução, Os Azeitonas de hoje, evoluíram, estão mais maduros, estamos em constante reconstrução".

A partir de sexta-feira, o álbum vai está disponível através do sítio da banda na Internet e, na semana seguinte, em 'streaming', disse Marlão.

Os Azeitonas deram-se a conhecer em 2005, com o álbum "Um tanto ou Quanto Atarantado" e, no ano seguinte, lançaram o 'single' "Sílvia Alberto".

Em dezembro de 2007 deram a conhecer "Rádio Alegria", álbum que inclui canções como "Quem és Tu Miúda", "Nos Desenhos Animados (Nunca Acaba Mal)" e "Mulheres Nuas".

Em 2011 foi publicado o DVD/Livro "Em Boa Companhia Eu Vou", que inclui a canção "Anda Comigo Ver os Aviões", do álbum "Salão América".

No ano seguinte o músico Miguel Araújo autonomizou a carreira, tendo publicado o seu primeiro álbum a solo.

Para a banda estava lançado um desafio, podia parar, mas decidiu "continuar", "em constante reconstrução".

Leia Também: Colóquio, música e leitura encenada no centenário de Agustina Bessa-Luís

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório