Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 31º

'Nomadland' foi o vencedor em noite morna com um final muito estranho

A 93.ª cerimónia de entrega dos prémios da Academia de Hollywood decorreu este domingo. 'Nomadland' conseguiu três Óscares, numa noite sem um vencedor destacado.

'Nomadland' foi o vencedor em noite morna com um final muito estranho

Foram este domingo entregues os prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, mas nada foi como dantes e nem sequer nos referimos à pandemia. Uma cerimónia pouco cerimoniosa, com segmentos a ser apresentados de forma mais rápida, e um final muito, muito estranho, que o New York Times comparou a "um final à Guerra dos Tronos", como um desaparecimento inesperado.

Antes disso, os filmes. 'Nomadland', de Chloé Zhao, foi o vencedor da noite, com três estatuetas douradas (Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz), uma indicação clara de que esta 93.ª edição assistiu a uma distribuição equitativa de prémios entre os vários candidatos. 'Mank', que era o filme mais nomeado (10), foi o maior derrotado, conseguindo apenas dois Óscares (Fotografia e Direção de Arte).

Seis filmes foram galardoados com dois Óscares: 'Ma Rainey's Black Bottom'; 'Judas and the Black Messiah'; 'Mank', 'The Father', 'Soul' e 'Sound of Metal'.

A Netflix foi o estúdio mais premiado da noite. Arrecadou sete Óscares, mas fica mais uma vez um sabor agridoce. As sete estatuetas são de categorias técnicas, nenhuma nas principais e mais desejadas, incluindo a de Melhor Filme que volta a escapar à Netflix. 

Sinais de mudança

Numa das cerimónias mais diversas da história da Academia, foram esta noite ultrapassadas algumas barreiras, sobretudo no que diz respeito à equidade. Chloé Zhao tornou-se na primeira asiática e a primeira não caucasiana a vencer um Óscar na categoria de Melhor Realizador. É também a segunda mulher a ganhar um Óscar de realização, em mais de 90 anos de Academia. Yuh-Jung Youn foi a primeira atriz coreana a vencer um Óscar. E treze anos depois, uma mulher voltou a vencer a categoria de Melhor Argumento Original, com 'Promising Young Woman', de Emerald Fennell.

Melhor Ator foi a última categoria e cerimónia terminou, quase, num 'fade to black'

A categoria de Melhor Filme surge, usualmente, no final de todas as outras, coroando a melhor longa-metragem do ano depois de serem distribuídos os outros prémios. Este ano foi diferente. A categoria que antes era a principal foi apresentada antes de Melhor Atriz e Melhor Ator, que foram as últimas. 

Pior do que isso: Anthony Hopkins, que acabou por vencer o Óscar de Melhor Ator, não compareceu à cerimónia, nem presencialmente, nem, aparentemente, por zoom. A cerimónia terminou, assim, de forma abrupta com uma nota a indicar essa ausência.

O elemento muito presente da violência armada e racial

Logo à entrada, no discurso de abertura, Regina King aludiu ao veredicto de Derek Chauvin, na semana passada, lamentando perante os espetadores a necessidade de "pregar sermões", mas sublinhando a importância do momento corrente.

"Estamos a chorar a perda de tantos, e tenho de ser honesta, se as coisas tivessem corrido de forma diferente na última semana em Minneapolis, talvez eu tivesse trocado os meus saltos por botas de marchar", disse. "Eu sei que muitos de vós, em casa, querem pegar no controlo remoto quando sentem que Hollywood vos está a pregar sermões sobre alguma coisa, mas como mãe de uma criança negra, conheço o medo com que muitos vivem e nenhuma fama ou fortuna muda isso".

Paralelamente, ‘Two Distant Strangers’, que venceu o prémio de Melhor Curta-metragem, e ‘If Anything Happens I Love You’, que venceu a categoria de Melhor Curta de Animação, incidem ambos sobre a violência armada.

Reveja aqui os principais momentos:

4h22 - Cerimónia da 93ª edição dos Óscares chega ao fim. 

04h19 - Melhor Ator. Anthony Hopkins, por 'The Father'.

04h13 - Melhor Atriz. Frances McDormand, por 'Nomadland'.

04h08 - Melhor Filme. 'Nomadland' venceu o Óscar mais cobiçado da noite, o de Melhor Filme

03h51 - Angela Bassett apresenta segmento In Memoriam.

03h38 - Melhor Canção Original. ‘Fight for You’, de ‘Judas and the Black Messiah’. Música de H.E.R. e Dernst Emile II; Letra de H.E.R. e Tiara Thomas.

03h32 -  Melhor Banda Sonora Original. ‘Soul’ - Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste. Trent Reznor e Atticus Ross vencem o segundo Óscar (o primeiro foi por 'The Social Network'). É também o segundo Óscar da noite para 'Soul'.

03h28 - Tyler Perry recebeu um prémio humanitário.

03h22 - Um momento digno de fãs de cinema. Harrison Ford partilha algumas sugestões de edição sobre um filme em que participou, antes de anunciar o prémio de Melhor Montagem.

03h17 - Melhor Montagem. Mikkel E. G. Nielsen, por ‘Sound of Metal’. É o segundo Óscar para 'Sound of Metal'.

03h07 - Melhor Fotografia. ‘Mank’ - Erik Messerschmidt. Segundo Óscar da noite para 'Mank'.

03h03 - Melhor Direção de Arte. ‘Mank’ - Direção de Arte: Donald Graham Burt; Cenários: Jan Pascale. Este é o primeiro Óscar para Mank, esta noite. Sublinhe-se que o filme estava nomeado em 10 categorias.

02h54 - Melhor Atriz Secundária. Yuh-Jung Youn, por ‘Minari’. Era a sua primeira nomeação e é o seu primeiro Óscar. É a primeira atriz coreana a ganhar um prémio da Academia.

02h50 - Melhores Efeitos Visuais. ‘Tenet’ - Andrew Jackson, David Lee, Andrew Lockley e Scott Fisher.

02h37 - Melhor Documentário. ‘My Octopus Teacher’, de Pippa Ehrlich, James Reed e Craig Foster.

02h34Melhor Curta Documental. ‘Colette’, de Anthony Giacchino e Alice Doyard.

02h23 - Melhor Filme de Animação. ‘Soul’, Pete Docter e Dana Murray.

02h20 - Melhor Curta-metragem de Animação. ‘If Anything Happens I Love You’, de Will McCormack e Michael Govier. "Dedicamos a este filme a todos aqueles que perderam entes queridos para a violência armada", diz um dos realizadores.

02h11 - Melhor Curta-metragem. Travon Free e Martin Desmond Roe, por ‘Two Distant Strangers’.

02h08 - Melhor Som. Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michellee Couttolenc, Carlos Cortés e Phillip Bladh, por 'Sound of Metal'.

01h59 - Melhor Realização. Chloé Zhao, por 'Nomadland'. A realizadora sino-americana é assim a primeira asiática e a primeira não caucasiana a vencer um Óscar nesta categoria. É também a segunda mulher a ganhar um Óscar de realização.

01h46 Melhor Guarda-Roupa. Ann Roth, por ‘Ma Rainey’s Black Bottom’. Ann Roth, que se tornou hoje na pessoa mais velha a vencer um Óscar,  aos 89 anos de idade, não compareceu na cerimónia. Já foi nomeada cinco vezes, na mesma categoria, e é o seu segundo Óscar (o primeiro foi por 'The English Patient').

01h41 - Melhor Caracterização. Sergio Lopez-Rivera, Mia Neal e Jamika Wilson, por ‘Ma Rainey's Black Bottom’.

01h31 - Os dois atores secundários de 'Judas and the Black Messiah'. Nem sempre é clara a distinção entre ator principal e secundário num determinado filme. Quando dois atores ou duas atrizes dividem protagonismo, porém, podem custar ao filme menos uma nomeação, ao serem incluídos na mesma categoria. Nesse caso, regra geral, a produção posiciona um como ator principal e outro como ator secundário - dividir para reinar. Em ‘Judas and the Black Messiah’ essa seria a ideia, sendo Lakeith Stanfield considerado o ator principal e Daniel Kaluuya o secundário. O que aconteceu nos Óscares foi que, nos boletins de voto para as nomeações, Stanfield conseguiu mais votos na categoria de Melhor Ator Secundário, colocando os dois atores na mesma categoria. Será apenas uma questão de votação, aquilo que deixou o filme sem ator principal, mas apenas no papel. Para todos os efeitos, Lakeith Stanfield é o protagonista do filme.

01h26 - Melhor Ator Secundário. Daniel Kaluuya vence o primeiro Óscar por ‘Judas and the Black Messiah’.

01h22 - Melhor Filme Internacional. 'Another Round', da Dinamarca.

01h11 - Melhor Argumento Adaptado. 'The Father', argumento por Christopher Hampton e Florian Zeller.

01h07 - Melhor Argumento Original. Emerald Fenell, por 'Promising Young Women'. Emerald Fennell é a primeira vencedora desta categoria em 13 anos (última foi Diablo Cody com 'Juno').

01h00 - Regina King dá o pontapé de saída: começaram os Óscares. "Se as coisas tivessem sido diferentes este fim de semana em Minneapolis, talvez eu tivesse trocado os saltos por botas de marchar", disse King, fazendo referência ao julgamento de Derek Chauvin.

00h51 - Emerald Fennell, questionada sobre o seu vestido: "É um estilo professora de olaria com uma nova proposta de negócios".

00h44 - Emissão deste ano é produzida por Steven Soderbergh e Stacey Sher. Sim, o realizador de 'Contagion' juntou-se a Sher, que também trabalhou com ele no filme sobre um vírus mortal que se alastra pelo globo, está a cargo da realização do espetáculo deste ano, tendo até acionado os contactos de especialistas com que contou para o filme para assegurar um evento seguro.

00h38 - Vanessa Kirby, nomeada como Melhor Atriz por 'Pieces of a Woman'.

Notícias ao MinutoVanessa Kirby está nomeada pela primeira vez© Chris Pizzello-Pool/Getty Images  

00h31 - Amanda Seyfried, nomeada como Melhor Atriz Secundária por ‘Mank’, chegou ao tapete vermelho com um vestido encarnado (confirmando que o tapete vermelho é, esta noite, cor de rosa). Amanda tem aqui a sua primeira nomeação aos Óscares.

00h23 - Yuh-Jung Youn, nomeada como Melhor Atriz Secundária, por 'Minari', e a mais certa vencedora do categoria. É a sua primeira nomeação aos Óscares.

Notícias ao Minuto Yuh-Jung Youn é impactante como Soonja, em 'Minari'© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

00h17 - Maria Bakalova, nomeada como Melhor Atriz Secundária, por 'Borat Subsequent Moviefilm'.

Notícias ao Minuto É a primeira nomeação de Maria Bakalova© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

00h13 - Riz Ahmed, que interpreta Ruben em 'Sound of Metal', papel pelo qual está nomeado como Melhor Ator. Ahmed, também um estreante como nomeado, arranja o cabelo da mulher, Fatima Farheen Mirza, na passadeira vermelha.

00h06 - Carey Mulligan, nomeada como Melhor Atriz, por 'Promising Young Woman', com o marido, Marcus Mumford. É a segunda nomeação de Carey nesta categoria (foi nomeada anteriormente por 'An Education').

Notícias ao Minuto Carey Mulligan nunca venceu um Óscar, mas já foi nomeada duas vezes© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

00h01 - Laura Pausini cantou já ‘Io Si’, uma das músicas nomeadas na categoria de Melhor Canção.

23h53 - Viola Davis, já vencedora de um Óscar, por 'Fences', chegou. Esta noite está nomeada como Melhor Atriz por 'Ma Rainey's Black Bottom', naquela que é a sua quarta nomeação e segunda nesta categoria.

23h48 - Chloé Zhao, que poderá ser a figura da noite, chegou acompanhada de Charlene Swankie, uma das atrizes amadoras de 'Nomadland', que na vida real é uma das nómadas a que dá vida na ficção. 'Nomadland' está nomeado em seis categorias, é um dos filmes mais nomeados da noite e o favorito ao título de Melhor Filme.

23h38 - Daniel Kaluuya, nomeado como Melhor Ator Secundário, naquele filme que não tem ator principal ('Judas and the Black Messiah'). Esta é a segunda nomeação de Kaluuya, mas a primeira nesta categoria (foi nomeado como Melhor Ator por 'Get Out').

23h32 - Uns segundinhos para se deixar enternecer com Alan S. Kim, pequena estrela de 'Minari'.

23h01 - A veterena Glenn Close diz, na passadeira vermelha, que ficaria "muito orgulhosa" se vencesse o Óscar esta noite. Close está nomeada como Melhor Atriz Secundária por 'Hillbilly Elegy'. É a oitava nomeação da atriz aos Óscares e a quarta nesta categoria.

22h45 - Emerald Fennell, uma das protagonistas das noite, chega à Union Station. A realizadora de 'Promising Young Woman' está nomeada em três categorias distintas: Melhor Realização, Melhor Filme e Melhor Argumento Original.

Notícias ao Minuto É a primeira nomeação de Emerald Fennell em todas as categorias© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

22h38 - Steven Yeun, nomeado como Melhor Ator por 'Minari, também já chegou à Union Station. É a primeira nomeação de Yeun.

Notícias ao Minuto Steven Yeun está nomeado como Melhor Ator© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

22h35 Um recorde de nomeações para mulheres num dado ano: 70 mulheres receberam um total de 76 nomeações este ano, um recorde absoluto em toda a história dos Óscares.

22h30 - Paul Raci, nomeado para Melhor Ator Secundário por 'Sound of Metal', chega à Union Station. É a primeira vez que o músico e ator é nomeado para um Óscar.

Notícias ao Minuto Paul Raci, nomeado como Melhor Ator Secundário© Chris Pizzello/Pool via REUTERS  

22h15 - A Jessica Chastain não está nomeada este ano, mas assinalou a abertura da passadeira vermelha com um conjunto das suas fatiotas em cerimónias passadas. Chastain já foi nomeada para um Óscar em duas ocasiões, por 'Zero Dark Thirty' e por 'The Help', mas ainda não venceu a estatueta.

22h10 - Sabe porque é que o Óscar se chama Óscar? Nem a Academia consegue dizer com segurança, mas nós tentamos explicar aqui.

22h00 - Os convidados já podem começar a chegar, a passadeira vermelha está oficialmente aberta.

Leia Também: "Tio Óscar". A origem do nome da estatueta dourada mais famosa do mundo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório