Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

Lawrence Ferlinghetti, editor de Kerouac e Ginsberg, morre nos EUA

Lawrence Ferlinghetti, cuja livraria e editora City Lights lançou Jack Kerouac, Allen Ginsberg e outros escritores da geração 'beat' norte-americana, morreu aos 101 anos em São Francisco, Estados Unidos.

Lawrence Ferlinghetti, editor de Kerouac e Ginsberg, morre nos EUA
Notícias ao Minuto

20:40 - 23/02/21 por Lusa

Cultura Lawrence Ferlinghetti

O anúncio foi hoje feito pelo filho Lorenzo Ferlinghetti, que adiantou que o pai morreu na segunda-feira, de doença pulmonar, uma semana depois de ter recebido a primeira dose da vacina para a covid-19 e um mês antes de fazer 102 anos de idade.

Ferlinghetti, disse o filho, "morreu no seu próprio quarto", de "mãos dadas" com as da família "ao expirar pela última vez".

Também poeta, Lawrence Ferlinghetti tornou-se conhecido sobretudo como dono da livraria City Lights da cidade de São Francisco, ponto de encontro dos escritores da geração "beat" e de outros depois dos anos 1950.

Entre os autores publicados pela City Lights contaram-se Jack Kerouac, Allen Ginsberg, William S. Burroughs, inovadores da literatura norte-americana no início da segunda metade do século XX.

Foi pela editora de Ferlinghetti que Ginsberg lançou o seu polémico poema "Howl" ("Mocho"), que o levou à barra dos tribunais em 1957, acusado de obscenidade.

O resultado do julgamento é ainda hoje considerado um marco no avanço da liberdade de expressão nos Estados Unidos.

Leia Também: Edvard Munch deixou uma mensagem escondida na pintura 'O Grito'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório