Meteorologia

  • 07 JULHO 2020
Tempo
34º
MIN 19º MÁX 35º

Edição

Festival Rádio Faneca vai ter edição "adaptada" à realidade da Covid-19

A oitava edição do Festival Rádio Faneca vai decorrer nos dias 10, 11 e 12 de julho, em Ílhavo, "adaptada ao momento de pandemia, mas também de desconfinamento progressivo" que se vive atualmente, informou hoje a organização.

Festival Rádio Faneca vai ter edição "adaptada" à realidade da Covid-19
Notícias ao Minuto

19:04 - 25/06/20 por Lusa

Cultura Covid-19

Numa nota de imprensa, o projeto cultural do município de Ílhavo "23 Milhas" esclarece que esta edição "mantém quase todos os seus projetos de base, mas reajusta-os" de acordo com as medidas de higiene e segurança exigidas nesta fase.

O festival, que normalmente decorre no Centro Histórico de Ílhavo, com forte presença nos becos e no Jardim Henriqueta Maia, acontece este ano na Praça da Casa da Cultura de Ílhavo (CCI) e também no seu auditório, no caso do concerto da Bida Airada.

Além dos projetos especiais habituais no festival, como a Casa Aberta e a Bida Airada, há concertos de Clã (10 de julho) e Dead Combo (11 de julho), com acesso condicionado.

De acordo com a organização, os espetáculos acontecem ao ar livre, mas os lugares são sentados e as entradas na Praça da CCI serão controladas e têm uma lotação limitada.

Os bilhetes terão o custo de dois euros e a receita da bilheteira reverte a favor do Lar de São José, em Ílhavo.

Apesar dos condicionamentos, a organização diz que o festival continua a apostar nos projetos especiais.

A rádio mantém-se como centro de tudo com uma emissão durante os três dias do festival, mantendo um palco associado que irá receber os concertos de Maria Reis, Old Mountain e Himalion.

"O horário da rádio será reduzido, bem como a plateia possível, mas será possível ouvi-la em direto no Facebook do Festival e também em frequência FM", refere a mesma nota.

O projeto Bida Airada, orientado pelos ondamarela, que têm trabalhado com a comunidade nas últimas semanas, mesmo em quarentena, apresenta um espetáculo no auditório da Casa da Cultura de Ílhavo no último dia do festival.

É também em comunidade que se mantém o projeto Casa Aberta, com a orientação artística da Burilar, e que se transforma num percurso exterior pelas casas aderentes, mantendo a distância de segurança, mas promovendo, mesmo assim, o encontro.

As já habituais Histórias nos Becos, trabalhadas este ano por Graça Ochoa, acontecerão no Largo da Amália, junto à Praça da Casa da Cultura de Ílhavo.  Além destes projetos, nota ainda para os jogos tradicionais do Hélder, que se mantém, embora totalmente adaptados à realidade da pandemia da covid-19.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório