Meteorologia

  • 22 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Filme sobre Zé Pedro dos Xutos & Pontapés estreia-se no DocLisboa

'Zé Pedro Rock'n'Roll', filme de Diogo Varela Silva sobre o guitarrista dos Xutos & Pontapés, que morreu em 2017, vai ter estreia mundial em outubro, no festival DocLisboa, incluído na secção Heart Beat, foi esta quarta-feira anunciado.

Filme sobre Zé Pedro dos Xutos & Pontapés estreia-se no DocLisboa
Notícias ao Minuto

17:40 - 18/09/19 por Lusa

Cultura DocLisboa

A organização do DocLisboa, cuja 17.ª edição decorre de 17 a 27 de outubro, divulgou hoje a programação da secção Heart Beat, "dedicada à mostra cinematográfica das mais variadas vertentes artísticas", e que conta "mais uma vez com um espólio de registos cinematográficos de diversas regiões e de diversas expressões, com um ênfase particular, este ano, no universo musical".

A programação, divulgada em comunicado enviado às redações, inclui "'Zé Pedro Rock'n'Roll', realizado por Diogo Varela Silva, em estreia mundial".

De acordo com a organização do DocLisboa, no filme, Diogo Varela Silva "utiliza arquivos tanto públicos, como pessoais para ilustrar a história de Zé Pedro, a história dos Xutos, e a própria história do rock em Portugal".

"Uma história marcada pelos Xutos & Pontapés e por Zé Pedro, cuja influência no mundo da música portuguesa é incontornável e que se torna, assim, eternizada no mundo do cinema", lê-se no comunicado.

O guitarrista dos Xutos & Pontapés morreu no final de 2017, aos 61 anos. No final na década de 1970, Zé Pedro, com Zé Leonel e Paulo Borges, criou a banda Delirium Tremens, que mais tarde passou a chamar-se Xutos & Pontapés, com a entrada de Kalú e de Tim, para o lugar de Paulo Borges. A banda assinala este ano 40 anos.

Também o rock britânico está presente na secção Heart Beat com 'The Quiet One', de Oliver Murray, filme sobre a vida e carreira de Bill Wyman, um dos fundadores dos Rolling Stones, que "mostra materiais e registos inéditos dos primeiros momentos filmados dos jovens Rolling Stones", e 'The Cavern Club: The Beat Goes On', de Christian Francis-Daives e Jon Keats, "sobre a história e o renascimento (e a reconstrução) do Cavern Club, o auto-proclamado 'melhor clube do mundo', onde os Beatles tocaram 292 vezes e que, nos dias de hoje, recebe artistas como Arctic Monkeys e Adele".

Outro dos filmes selecionados, 'Oh Le Filles!', de François Armanet, foca-se na história das estrelas de rock francesas femininas, de Françoise Hardy a Christine and the Queens, passando por Charlotte Gainsbourg ou Vanessa Paradis.

Na área da música, serão também exibidos, entre outros, 'Dorival Caymmi - Um Homem de Afetos', de Daniela Broitman, "um filme intimista, que tem como base uma entrevista inédita com Dorival Caymmi, tal como testemunhos de Caetano Veloso, Gilberto Gil e artistas que admiravam a música de Caymmi, posicionando-o como um dos músicos baianos mais importantes", e "The Bridge", de Paulo Raposo, "que retrata um grupo de artistas sonoros que se propôs à criação de uma intervenção sonora numa pequena ponte sobre o rio Andelle (Normandia)".

O mais recente filme de Abel Ferrara, 'The Projectionist', "sobre a vida e carreira de Nicolas Nick Nicolaou, amigo do realizador que se tornou um dos últimos proprietários de cinemas independentes em Nova Iorque", será também exibido na secção Heart Beat.

O cinema estará em destaque também com a exibição de 'Banquete Coutinho', de Josafá Veloso, "um olhar sobre a obra de Eduardo Coutinho, a partir de um encontro filmado com o realizador em 2012, e de um vasto material de arquivo", e 'Forman vs Forman', filme de Helena Trestikova e Jakub Hejna, que é "um registo de colagem de arquivos particulares e oficiais raros do realizador multi-galardoado Milos Forman, desde os seus primeiros passos no mundo do cinema, enquanto um dos impulsionadores da New Wave Checa, até à sua vida e carreira nos Estados Unidos".

A programação da Heart Beat inclui ainda, entre outros, uma sessão especial cine-concerto, com o filme 'Mistérios Negros', de Pedro Lino, musicado ao vivo pelo compositor Philippe Lenzini, a 'cine-performance' documental 'O intendente é um lugar psicológico', "em que Tiago Pereira filma e conceptualiza, e Sílvio Rosado compõe e toca", e a exibição de 'Ensaio de Amor', de Zé G.Pires.

Trata-se de "um registo do percurso dos ensaios ao palco dos actores do Grupo Crinabel, numa adaptação teatral de 'Uma Menina Está Perdida no Seu Século à Procura do Pai', de Gonçalo M. Tavares: uma história em que a Trissomia 21, que caracteriza a personagem Hanna, nos é dada a sentir como um 'plus' e em que esta diferença é descrita como um suplemento".

A 17.ª edição do DocLisboa, que vai dedicar retrospetivas ao cinema da Alemanha de Leste e ao trabalho da cineasta libanesa Jocelyne Saab, será a última do festival com os diretores Cíntia Gil e Davide Oberto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório