Meteorologia

  • 12 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Dia Internacional dos Museus com atividades grátis em Lisboa

O Dia Internacional dos Museus vai ser assinalado em Lisboa com entrada gratuita nestes equipamentos municipais, para os quais a autarquia organizou diversas atividades, propondo uma reflexão sobre o seu papel como centros culturais e o futuro da tradição.

Dia Internacional dos Museus com atividades grátis em Lisboa
Notícias ao Minuto

14:39 - 08/05/19 por Lusa

Cultura 18 maio

Considerado "um momento especial para dar visibilidade acrescida ao trabalho desenvolvido pelas equipas dos museus", o Dia Internacional dos Museus, que se celebra a 18 de maio, vai ser assinalado com visitas guiadas, concertos, jogos, a possibilidade de dormir no Castelo de São Jorge, ou uma visita à exposição de fotografia sobre prisões portuguesas, que é inaugurada na próxima sexta-feira.

De acordo com a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC), foi criada uma programação específica para os dias entre 15 e 19 de maio, de entrada gratuita, na qual se insere uma visita orientada ao Museu do Aljube e à exposição 'The portuguese prison photo project', com imagens captadas pelo fotógrafo português Luís Barbosa e o suíço Peter Schulthess.

Através desta mostra fotográfica, que é inaugurada na sexta-feira, o Museu do Aljube - Resistência e Liberdade - que albergou, entre 1928 e 1965, uma prisão política do regime do Estado Novo - dá a conhecer ao público uma visão das prisões contemporâneas e históricas de Portugal, através de fotografias atuais complementadas com imagens históricas pertencentes aos arquivos nacionais.

Trata-se da segunda mostra deste projeto fotográfico: a primeira teve lugar em 2017 no Centro Português de Fotografia, no Porto, e o trabalho apresentado valeu ao fotógrafo Luís Barbosa o prémio de melhor trabalho de fotografia desse ano, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA).

O Museu Bordalo Pinheiro convida crianças, jovens e adultos a passearem numa visita guiada pela 'Lisboa de Bordalo', a visitarem uma feira de livros de ilustração e banda desenhada, no pátio do museu, a serem caricaturados e pagarem com uma gargalhada, a assistirem a sessões de leitura ou à projeção de pequenos filmes sobre a cerâmica.

À semelhança dos últimos anos, na Noite dos Museus o Castelo de S. Jorge prepara uma noite de festa com a partilha de grande parte da sua programação: artes bélicas e músicas e danças no Paço, do programa Domingos em Família, visitas e oficinas asseguradas pelo Serviço Educativo do Castelo - Arqueologando, Historiando e Oficina dos Afonsinhos -- e o já tradicional Cortejo Real da Meia-Noite.

O Museu da Marioneta tem para oferecer o concerto 'Em Particular', de Carlão, o espetáculo '4 mãos', para piano e desenho com Filipe Raposo e António Jorge Gonçalves, e um teatro de marionetes, intitulado 'O nabo gigante'.

No Museu do Fado, os alunos da escola da instituição vão surpreender os visitantes ao longo do circuito expositivo com o espetáculo musical 'Acordem as guitarras', e no Atelier-Museu Júlio Pomar haverá visita guiada à exposição e descontos de 50% em todas as publicações.

Pegando no tema 'Museus como centros culturais: o futuro da tradição', o Museu de Lisboa decidiu, nos vários núcleos, ligar-se às artes e orientar-se para as várias comunidades da cidade, entre dos dias 16 e 19.

Assim, no Museu de Santo António vai haver uma sessão de fados, seguida de um passeio por Alfama, para descobrir os lugares ligados à vida do santo padroeiro de Lisboa.

No mesmo museu vai decorrer durante todo o fim de semana uma feira dedicada a artigos relacionados com Santo António, um jogo subordinado ao tema 'A conquista de Lisboa' e um percurso pelos azulejos de Santo António em Alfama.

Para o Torreão Poente foi preparada uma visita-oficina, para crianças e adultos, cujo tema é "a arquitetura é uma arte.

O Palácio Pimenta vai ter o jogo da 'Glória de Lisboa' em permanência para as famílias jogarem, vai ter uma visita orientada à exposição permanente e outra à arte italiana, um concerto de Luiz Caracol, e uma iniciativa relacionada com o Monstra, que inclui uma oficina de animação e cinema.

No Teatro Romano realiza-se durante todo o fim de semana, ao longo do dia, o "dominó do teatro romano". Paralelamente, haverá uma visita experiência para públicos de todas as idades relacionada com as profissões romanas, designadamente, os artesãos romanos.

"Dancemos como se fosse há 2 mil anos" é a proposta de uma oficina de dança para várias idades, ainda no Teatro Romano, que também tem para oferecer ao público uma visita orientada para descobrir "um teatro romano ao fim do dia" e uma visita experiência à arte do teatro, intitulada "Ver e ser visto".

A ligar todos estes núcleos, vai realizar-se, no dia 18 pelas 16:00, um 'peddy-paper' do Museu de Lisboa, com partida do Teatro Romano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório