Meteorologia

  • 20 MARçO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 12º

Edição

Carlos do Carmo anuncia fim da carreira. Este será "o ano da despedida"

Em 2019, Carlos do Carmo completa 80 anos e este será o ano em que se despedirá dos palcos.

Carlos do Carmo anuncia fim da carreira. Este será "o ano da despedida"

Depois de, ao longo da sua carreira, ter editado músicas que ficarão para sempre timbradas na memória coletiva, chegou a altura de Carlos do Carmo dizer adeus aos palcos. Na bagagem guarda memórias de um percurso em que elevou a música portuguesa ao expoente máximo.

É em 2019 que o fadista completa 80 anos e, pese embora considere que “há pessoas que têm grande capacidade de continuar a cantar até aos 90”, esse não é o seu caso.

Este será, por isso, “o ano da despedida, sem amarguras, sem azedumes”. Num vídeo que partilhou na sua página oficial de Facebook, Carlos do Carmo aproveitou a oportunidade para deixar um sentimento de “gratidão a todas as pessoas que” lhe têm “dado tantas alegrias e generosidade”.

Carlos do Carmo realizará ainda, nos dias 2 e 9 de novembro, concertos nos coliseus do Porto e de Lisboa, para além de alguns espetáculos no Brasil e nos Estados Unidos.

“No Castelo” pôs “um cotovelo” e em “Alfama” descansou “o olhar”. “À Ribeira” encostou “a cabeça”, “almofada da cama do Tejo”, “com lençóis bordados à pressa na cambraia dum beijo”. Foi assim que Carlos do Carmo cantou ‘Lisboa menina e moça’ e nos recordou que “não é por morrer uma andorinha que acaba a primavera”.

Com um percurso de mais de 50 anos, Carlos do Carmo foi reconhecido, em 2014, com um Grammy Latino de carreira, o que lhe valeu igualmente o Prémio Personalidade do Ano -- Martha de la Cal, da Associação Imprensa Estrangeira em Portugal.

Em 2015, recebeu a 'Grande Médaille de Vermeil' da cidade de Paris, "a mais alta distinção" da capital francesa, e, um ano depois, foi-lhe atribuído o título de Grande-Oficial da Ordem do Mérito, da Presidência da República.

Em 2013, quando celebrou 50 anos de carreira, editou o álbum 'Fado é amor'. que gravou em duo com vários fadistas, entre os quais Ricardo Ribeiro, Camané, Mariza, Raquel Tavares e Marco Rodrigues.

[Notícia atualizada às 15h57]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório