Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 16º

Edição

'A Lista de Schindler' faz 25 anos e Spielberg alerta para crescente ódio

"Penso que há mais em jogo hoje do que na altura", disse o realizador, que recordou o peso de retratar o horror do Holocausto.

'A Lista de Schindler' faz 25 anos e Spielberg alerta para crescente ódio
Notícias ao Minuto

11:00 - 07/12/18 por Fábio Nunes 

Cultura Cinema

‘A Lista de Schindler’ celebra 25 anos e para marcar esta data importante o filme vai voltar a ser exibido em cinemas dos Estados Unidos e do Canadá esta sexta-feira. O filme é um dos mais marcantes no retrato cru que faz do Holocausto. Embora não estejamos perante a escala de horrores perpetrada pelos nazis, tem-se verificado um aumento visível da intolerância e da xenofobia acompanhada de movimentos de extrema-direita e de líderes populistas que têm ganho o seu espaço.

Ciente disso mesmo, Steven Spielberg, o realizador de ‘A Lista de Schindler’, abordou o momento que vivemos numa entrevista à NBC e não poupou nas palavras. “Penso que há mais em jogo hoje do que na altura” em que o filme chegou às salas de cinema, sublinhou Spielberg. “Quando o ódio coletivo se organiza e se industrializa, então segue-se o genocídio. Temos de levar isto mais seriamente hoje do que tivemos de o fazer numa geração”.

“Eu não posso imaginar, tendo por base a história que contámos, que o público tolerasse aquela quantidade de violência, de humanos contra humanos. Ou de inumanos contra humanos”, afirmou o realizador do filme que conquistou sete Óscares, entre os quais os de Melhor Filme e de Melhor Realizador.

“Não acho que volte a fazer algo tão importante. Para mim isto é algo de que vou sempre sentir-me orgulhoso”, admitiu, apesar de reconhecer os custos sentidos ao descrever a brutalidade do Holocausto. “Acho que todos sentimos que estávamos a deixar uma memória” do que se passou.

‘A Lista de Schindler’ conta a história de Oskar Schindler, um empresário alemão e membro do Partido Nazi que salvou a vida de 1.200 judeus que empregou nas suas fábricas durante o Holocausto. O filme conta com interpretações de Liam Neeson, Ralph Fiennes e Ben Kingsley. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório