Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2021
Tempo
MIN 8º MÁX 14º

Edição

Imobiliário Habitação Casas inteligentes: Este eletrodomés...

Casas inteligentes: Este eletrodoméstico "não vale o dinheiro"

Quando se trata em investir num dispositivo 'inteligente' para a casa, há um eletrodoméstico que pode não lhe dar o retorno do investimento que pretende, afirmam os consultores imobiliários.

Casas inteligentes: Este eletrodoméstico "não vale o dinheiro"

A verdade é que os compradores de casas continuam interessados em adquirir casas inteligentes. De acordo com o mais recente relatório sobre as tendências de habitação para o próximo ano, realizado pela plataforma imobiliária Zillow, cerca de 40% dos compradores admitem querer comprar um imóvel com capacidades 'inteligentes'.

Ainda assim, quando se trata em investir num dispositivo 'inteligente', há um eletrodoméstico que "não vale o dinheiro".

Quem o diz é Matthew Rathbun, vice-presidente executivo da Coldwell Banker Elite, que desenvolveu um curso de Certificação 'Smart Home', em declarações ao Apartment Therapy.

Segundo Rathbun, há um eletrodoméstico 'inteligente' que pode não lhe dar o retorno do investimento que pretende. O vice-presidente está a falar dos frigoríficos, escreve a plataforma especialista em soluções para casa.

"Eles estão a diminuir de atração hoje em dia por uma boa razão", sustenta. Mais ainda, acrescenta Matthew Rathbun, o software não consegue acompanhar o aparelho. Isto porque "as características irão se desatualizar e é apenas mais uma coisa que vai exigir reparação."

Para o  vice-presidente executivo da Coldwell Banker Elite, "os aparelhos inteligentes são sobrevalorizados e perdem o fator 'novidade' muito rapidamente." E o consultor imobiliário Dave Antonell concorda.

"A tecnologia é a coisa que muda mais rapidamente no planeta e é preciso ter muito cuidado quando se projeta uma casa e se coloca permanentemente uma peça de tecnologia", declara ao Apartment Therapy.

Regra geral, os consultores imobiliários revelam que é mais rentável investir em algo que se adequa às suas necessidades agora, do que despender de um valor acrescentado permanente que poderá desvalorizar no momento em que escolhe vender a sua casa.

Leia Também: Casas inteligentes. Há uma nova solução que protege os seus dispositivos

Campo obrigatório