Meteorologia

  • 02 AGOSTO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Finanças Crédito à habitação Bancos mantiveram condições de conce...

Bancos mantiveram condições de concessão de crédito no 4.º trimestre

O Banco Central Europeu (BCE) afirmou hoje que os bancos mantiveram as condições da concessão de crédito às empresas e à habitação no quarto trimestre do ano passado.

Bancos mantiveram condições de concessão de crédito no 4.º trimestre
Notícias ao Minuto

14:06 - 21/01/20 por Lusa

Casa BCE

A conclusão foi feita com base no inquérito ao crédito bancário realizado entre 06 e 27 de dezembro a 144 bancos da zona euro.

Os modelos de crédito para os empréstimos às empresas e para os créditos à habitação mantiveram-se no quarto trimestre para 2% dos bancos inquiridos pelo BCE, mas para o crédito ao consumo e outros empréstimos às famílias as condições endureceram (3%), apesar da manutenção das expetativas de que se manteriam.

Os bancos identificam riscos para a economia em geral e devido à situação específica de algumas empresas fazendo com que endureçam as condições de concessão de crédito que aplicam às empresas.

Os modelos de crédito são as guias internas dos bancos ou os critérios para aprovar créditos.

Os bancos preveem manter as condições do crédito às empresas, endurecer as dos créditos hipotecários e facilitar as dos créditos ao consumo no primeiro trimestre de 2020.

A procura de crédito às empresas baixou pela primeira vez desde o quarto trimestre de 2013 devido à desaceleração da atividade económica desde 2018.

Mas a procura de crédito hipotecário e ao consumo continuou a aumentar e os bancos preveem que ainda suba mais no primeiro trimestre.

As condições de crédito dos empréstimos às empresas foram endurecidas em Espanha (10%) e França (3%), mas mantiveram-se na Alemanha e Itália (0% em ambos os casos) no quarto trimestre.

No caso do crédito à habitação, as condições de crédito endureceram em Espanha (11%) e na Alemanha (2%), foram facilitadas em Itália (-10%) e mantiveram-se na Alemanha (0%).

A procura de empréstimos empresariais caiu em Espanha e, em menor medida, em França, mas aumentou na Alemanha e manteve-se em Itália.

A procura de empréstimos à habitação aumentou em França, Alemanha e Itália, mas caiu em Espanha.

As condições de concessão de crédito ao consumo mantiveram-se na Alemanha e França (0%), foram restringidas em Espanha (30%) e foram facilitadas em Itália (-10%).

O BCE realiza este inquérito quatro vezes por ano para compreender melhor como os bancos concedem crédito.

Campo obrigatório