Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Cientistas desenham avião capaz de percorrer China e EUA em duas horas

Uma equipa de cientistas chineses desenhou um avião ultrarrápido, capaz de voar entre Pequim e Nova Iorque em duas horas e transportar dezenas de pessoas e toneladas de carregamento, informou um jornal de Hong Kong.

Cientistas desenham avião capaz de percorrer China e EUA em duas horas

"Levará apenas um par de horas a viajar entre Pequim e Nova Iorque a uma velocidade hipersónica", afirmou Cui Kai, líder da equipa da Academia Chinesa de Ciências que desenvolveu o protótipo, num artigo reproduzido pelo South China Morning Post.

O avião tem capacidade para se deslocar a 6.000 quilómetros por hora.

Um avião de passageiros demora atualmente 14 horas a percorrer os 11.000 quilómetros que separam Pequim e Nova Iorque.

Batizado de I-plane, trata-se de um modelo biplano, semelhante aos utilizados durante a Primeira Guerra Mundial, de forma a transportar mais carga do que outros veículos hipersónicos, que têm um formato aerodinâmico e asas em delta.

A equipa de cientistas testou com sucesso uma versão reduzida do avião, num túnel de vento que foi também utilizado para testar os últimos protótipos de armas hipersónicas da China.

Durante o teste, o avião foi lançado a uma velocidade quase sete vezes superior à do som - 1.235 quilómetros por hora.

Países como a China e Estados Unidos estão a desenvolver armas e veículos hipersónicos, capazes de ultrapassar sistemas antimísseis.

Ainda não existem, no entanto, veículos hipersónicos capazes de transportar passageiros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório