Mais de 20% das redes Wi-Fi põem em risco dados pessoais dos utilizadores

A conclusão é da Kaspersky Lab que analisou mais de 31 milhões de redes Wi-Fi públicas ou hotspots em todo o mundo.

© iStock
Tech Kaspersky Lab

A Kaspersky Lab descobriu, “depois de analisar informações a mais de 31 milhões de redes Wi-Fi públicas ou hotspots em todo o mundo”, que “25% destas - ou seja, uma em cada quatro - não são seguras”, colocando assim “em risco os dados pessoais dos utilizadores”.

PUB

Significa esta conclusão que “tudo o que é transmitido através destas redes, incluindo mensagens pessoais, palavras-passe, documentos e outras informações, é facilmente intercetado e utilizado pelos hackers”.

Mais, sublinha a Kaspersky Security Network em comunicado enviado às redações, estas redes Wi-Fi “não têm qualquer encriptação ou palavras-passe de proteção”, “outros 3% de hotspots utilizam WEP (Wired Equivalent Privacy) para encriptar os dados”. E, acrescenta, este protocolo além de ser “pouco seguro” e “pode ser quebrado num espaço de minutos com a utilização de ferramentas disponíveis, gratuitamente, na internet”.

No que diz respeito a países, “os 20 países com as percentagens mais elevadas de hotspots de Wi-Fi não encriptados incluem alguns dos destinos turísticos mais populares”. É o caso, revela a Kaspersky Lab, da “Tailândia, França, Israel, e os EUA”. Aliás, “os turistas estão entre os utilizadores mais vulneráveis” porque, frequentemente, “o hotspot de Wi-Fi mais perto de si é a única maneira de se manterem ligados”.

O diretor-geral da Kaspersky Lab Iberia, Alfonso Ramirez, aproveita, por isso, para deixar alguns conselhos aos utilizadores: “não utilizar hotspots que não solicitam palavras-chave para realizar atividades de alto risco como aceder à conta bancária online ou fazer compras da mesma forma”; não “transferir informações confidenciais”; e a “utilização de medidas adicionais para proteger estas ações, como uma tecnologia VPN (Virtual Private Network)”.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser