Meteorologia

  • 22 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 14º MÁX 27º

Criada tecnologia que torna refrigeração mais eficiente e sustentável

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) criaram uma tecnologia que, usando materiais não poluentes, torna a refrigeração "mais eficiente, limpa e sustentável", foi hoje revelado.

Criada tecnologia que torna refrigeração mais eficiente e sustentável
Notícias ao Minuto

11:55 - 01/02/24 por Lusa

Tech Inovação

Em comunicado, a FCUP afirma que equipamentos como frigoríficos, ar condicionados e bombas de calor representam "mais de 20% do consumo de eletricidade em todo o mundo", e que a eficiência energética "é imperativa".

A solução desenvolvida pelos investigadores "deu mais um passo" para uma "refrigeração mais eficiente, limpa e sustentável".

Os investigadores já solicitaram patente da solução, que recorre a materiais sólidos não poluentes (magnetocalóricos) e cuja temperatura varia através da aplicação e remoção de campos magnéticos.

"Um dos entraves para que a refrigeração magnética seja uma realidade no mercado são os materiais utilizados", refere a FCUP, destacando que as matérias-primas com capacidade de criar campos magnéticos intensos "são caras e correspondem a mais de 50% do valor de um refrigerador magnético".

A solução desenvolvida aumenta a eficiência energética "daqueles que podem ser os frigoríficos do futuro".

Citado no comunicado, o investigador do Instituto de Física de Materiais Avançados, Nanotecnologia e Fotónica da Universidade do Porto (IFIMUP), João Horta Belo, esclarece que com esta tecnologia é possível "reduzir o custo, tamanho e peso geral do dispositivo e assim aumentar a viabilidade da sua produção em massa".

"É mais um passo em direção à transição energética", refere.

Até ao início do próximo ano, os investigadores vão trabalhar num protótipo à macroescala de uma bomba de calor que integra a tecnologia.

A investigação, publicada na revista científica Journal of Physics: Energy, contou com a colaboração da Universidade de Aveiro, no âmbito de um projeto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Leia Também: Portugal na retaguarda das patentes tecnológicas contra o cancro

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório