Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 16º

Cofundador do Twitter apela ao fim do Partido Comunista da China

A reação de Jack Dorsey a uma reportagem da CNN sobre a forma como o governo chinês tem vigiado os cidadãos do país.

Cofundador do Twitter apela ao fim do Partido Comunista da China

O cofundador e ex-CEO do Twitter, Jack Dorsey, fez um comentário na rede social em resposta ao vídeo partilhado por uma repórter da CNN onde apela ao fim do Partido Comunista da China.

No vídeo em questão, a jornalista Selina Wang mostra que na capital chinesa, Pequim, os habitantes são submetidos constantemente a testes de Covid-19, tendo ainda uma aplicação de saúde que segue os movimentos do utilizador. Wang nota que, em alguns espaços públicos, a aplicação tem de apresentar um sinal verde para o utilizador conseguir entrar. Caso o sinal fique vermelho, a entrada fica-lhe barrada.

“As autoridades seguem os movimentos das pessoas por estas apps. A preocupação é que esta vigilância se mantenha depois de a Covid-19 passar”, escreve Wang. O vídeo foi depois partilhado por Dorsey com a mensagem: “Acabem com o Partido Comunista da China”.

Notar que estas apps criadas para  ‘contact tracing’ durante a pandemia de Covid-19 já se encontram a ser utilizadas na China para outros efeitos. Alguns habitantes da província de Henan dizem que as apps passaram de verde para vermelho depois de um protesto em junho.

Leia Também: Twitter confirma exposição de dados de 5 milhões de utilizadores

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório