Meteorologia

  • 17 OUTUBRO 2021
Tempo
24º
MIN 17º MÁX 24º

Edição

Trabalhadores pressionam Facebook a combater racismo contra jogadores

Três jogadores da seleção da Inglaterra foram alvo de comentários racistas nas respetivas páginas depois da derrota frente à Itália, na final do Euro.

Trabalhadores pressionam Facebook a combater racismo contra jogadores

Os trabalhadores do Facebook estão a pressionar a empresa para que sejam tomadas medidas mais assertivas para combater comentários racistas na plataforma. Os apelos destes trabalhadores surgiram depois dos abusos vistos nas páginas dos jogadores ingleses Bukayo Saka, Jadon Sancho e Marcus Rashford depois da final do Euro contra a Itália.

Um jornalista do BuzzFeed, Ryan Mac, diz ter sido contactado por trabalhadores do Facebook sobre o caso, recebendo fotografias de múltiplas páginas de “comentários racistas” e “emojis de macacos”. “Um trabalhador diz ter denunciado tantos comentários racistas que a sua página pessoal no Instagram foi limitada e não podem denunciar mais conteúdo”, escreve Mac.

Sabe-se que o Facebook está a investigar a situação internamente mas os trabalhadores continuam comprometidos em resolver a situação, procurando incentivar a empresa a estar melhor preparada para lidar com estas situações e implementar medidas a tempo do Mundial de 2022.

Leia Também: Trump anuncia ação judicial coletiva contra Facebook, Google e Twitter

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório