Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

CEO da Riot Games cometeu assédio? Não foram encontradas provas

Nicolo Laurent continuará a ocupar o cargo de CEO da produtora responsável por ‘League of Legends’ e ‘Valorant’.

CEO da Riot Games cometeu assédio? Não foram encontradas provas

A produtora de ‘League of Legends’ e ‘Valorant’, a Riot Games, decidiu encerrar a investigação sobre alegado comportamento impróprio o CEO Nicolo Laurent. O líder da empresa foi acusado por uma ex-colaboradora, Sharon O’Donnell, de a ter assediado e discriminado no local de trabalho.

“Depois de analisarmos os resultados da investigação, não foram encontradas provas que o Nicolo assediou, discriminou ou retaliou contra a O’Donnell. O Comité Especial também expressou total confiança na liderança de Nicolo, que nenhuma ação contra ele foi garantida, e que continuará a operar enquanto CEO, pode ler-se no comunicado da Riot Games.

A Riot Games diz estar disposta a reabrir o caso se forem encontradas novas provas, reiterando que “foi simplesmente incapaz de encontrar novas provas que justifiquem qualquer tipo de sanção”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório