Meteorologia

  • 17 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

#MeToo. Sony admite banir jogos sexualmente explícitos

Um representante nos EUA afirmou que a empresa quer evitar tornar-se um alvo de ações legais.

#MeToo. Sony admite banir jogos sexualmente explícitos

A Sony adiantou ao The Wall Street Journal que atualizou a sua política de avaliação para jogos na PlayStation para refletir movimentos como o #MeToo, aplicando mudanças a jogos que sejam sexualmente explícitos ou objetifiquem mulheres.

Ao explicar a medida, um representante da Sony nos EUA admitiu que a empresa “está preocupada em tornar-se um alvo de ação legal”, procurando evitar a questão ao aplicar medidas para jogos que possam ser considerados demasiado explícitos.

De notar que ao longo dos anos a Sony tem recebido uma boa dose de críticas devido a alguns jogos que chegam à sua consola. Séries como ‘Senran Kagura’ e ‘Dead or Alive’ por exemplo, têm sido amplamente alvo de críticas, sendo de esperar que a Sony comece a tomar cada vez mais medidas para as prevenir.

Leia mais: PlayStation 5 já é oficial. Venha conhecer os primeiros detalhes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório