Meteorologia

  • 25 JUNHO 2018
Tempo
24º
MIN 22º MÁX 26º

Edição

Gabinete para reaver bens do Estado tem uma... "recuperação (quase) zero"

O político que tem como principal mote combater a corrupção acredita que o Gabinete de Recuperação de Ativos não está a cumprir o seu trabalho.

Gabinete para reaver bens do Estado tem uma... "recuperação (quase) zero"
Notícias ao Minuto

12:10 - 23/02/18 por Inês André de Figueiredo

Política Paulo de Morais

Paulo de Morais criticou duramente o Gabinete de Recuperação de Ativos pela “recuperação (quase) zero” em relação aos bens em que o Estado é lesado.

“O Gabinete de Recuperação de Activos depende da Polícia Judiciária e serve para recuperar os bens em que o Estado é lesado, nomeadamente ao nível da corrupção e fuga ao fisco. No caso BPN deveria recuperar cinco mil milhões, no caso BES deveria confiscar todas as propriedades da família Espírito Santo. Assim como nas Operações Marquês, Furacão e Monte Branco, Banif, etc. Mas o montante de activos recuperados tem sido e é ridiculamente baixo, insignificante”, assegura o ex-candidato à Presidência da República que é conhecido pelo seu combate à corrupção.

No mesmo sentido, Paulo de Morais explicou que “os poucos bens recuperados resultam de apreensões em média criminalidade económica”, tratando-se “por regra de carros de luxo, Rolls Royce, Jaguar, Mercedes”.

Por outro lado, “a rentabilização destes bens está a cargo do Gabinete de Administração de Bens (do Instituto de gestão Financeira e Equipamentos da Justiça). Mas o gabinete não consegue vendê-los, pois nem sabe (ou não quer) como fazê-lo. Então a recuperação vale... (quase) zero”, assegurou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.