Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Ausência de Rio? "Não estava em casa a dormir", defende Ferreira Leite

Em comentário à CNN Portugal, Manuela Ferreira Leite sustentou que "não é possível ir a todos os lados" durante o período de campanha.

Ausência de Rio? "Não estava em casa a dormir", defende Ferreira Leite

A ausência de Rui Rio, presidente do PSD, do chamado "debate das rádios", que reuniu na quinta-feira os líderes dos partidos com assento parlamentar na sede da RTP, tem motivado inúmeras reações. Uma delas provém de Manuela Ferreira Leite, que em comentário à CNN Portugal defendeu que seria muito difícil para Rui Rio estar presente nessa iniciativa quando tinha ações de campanha marcadas na região de Trás-os-Montes.

"Como provavelmente ele não anda a 200 quilómetros à hora na estrada, com dificuldade ele estaria na RTP e depois em Trás-os-Montes", salientou a comentadora. Lembrando que o líder do PSD "não estava em casa a dormir", mas sim "noutro sítio a fazer campanha", Ferreira Leite sustenta que "não é possível ir a todos os lados" durante o período que antecede as eleições. 

"Não esteve presente, mas esteve presente numa ação de campanha importante em Trás-os-Montes. E só quem nunca fez campanhas eleitorais [...] é que não percebe que pode ser absolutamente devastador para determinada região que um líder, ou um candidato a líder, não os visite", apontou ainda a comentadora. 

Falando desta opção tomada por Rui Rio, Manuela Ferreira Leite diz não saber dizer "quem é mais importante", se a "população de Trás-os-Montes com quem ele esteve" ou se as "as pessoas que estiveram àquela hora a ouvir a rádio", num momento em que as eleições legislativas estão cada vez mais próximas. 

Respondendo a todos os que têm vindo a criticar a ausência de Rui Rio neste "debate das rádios", Manuela Ferreira Leite aponta que "não se pode dizer que ele não tenha ido a debates", porque durante todo o período da campanha já fez "imensos", aponta.

Numa breve referência às mais recentes sondagens divulgadas, que mostram uma aproximação entre PS e PSD, a comentadora destaca ser "claro" e "evidente" que "não há possibilidade de nenhuma maioria absoluta" de qualquer uma das partes.

Leia Também: Rio cancela agenda na 6.ª feira de manhã para realizar exame médico 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório