Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Ilda Figueiredo (CDU) quer Parque Oriental do Porto equipado e vigiado

A cabeça de lista da CDU à Câmara do Porto, Ilda Figueiredo, defendeu hoje a colocação de equipamentos de apoio às famílias no Parque Oriental da cidade e a criação de equipas dedicadas à manutenção e vigilância.

Ilda Figueiredo (CDU) quer Parque Oriental do Porto equipado e vigiado
Notícias ao Minuto

17:37 - 19/09/21 por Lusa

Política Autárquicas

Com 18 hectares de área, o parque que abrange os municípios do Porto e de Gondomar, foi o local escolhido pela CDU para um piquenique "para demonstrar a falta de condições do parque".

"Há quatro anos fizemos uma visita aqui, também em período eleitoral, e chamámos a atenção para a importância do Parque Oriental, que é bom, um espaço verde, mas que devia ser maior, alargado", começou por dizer a candidata da coligação PCP/PEV à Lusa.

E prosseguiu: "Infelizmente, na revisão recentemente aprovada do Plano Diretor Municipal (PDM), o parque viu ser-lhe amputado cerca de metade do que estava previsto para o seu alargamento, tendo sido uma das razões por que votámos contra".

Na proposta de revisão do PDM, "a CDU defendeu a colocação no parque de zona de piqueniques".

"Mas como fica aqui demonstrado, não há mesas, não há cadeiras, nem condições para fazer churrascos", disse Ilda Figueiredo.

Assinalando a "falta de sanitários" e de "recurso à água, à limpeza e apoios para animais", Ilda Figueiredo reiterou a necessidade de "colocar, também, equipamentos para as crianças, adultos e para a manutenção física com a colocação de equipamentos para exercício".

O parque, rodeado pelos bairros do Cerco do Porto e do Lagarteiro, dois dos mais populosos do Porto, "precisa de equipas em permanência para garantir a sua manutenção e vigilância e também de programas de atividades desportivas e culturais", acrescentou a candidata.

"Com exceção do inverno, durante sete meses é possível ter aqui atividades permanentes", defendeu.

Ao contrário do que tem sucedido da parte de Gondomar "onde há equipamentos que foram vandalizados", a falta deles na parte do Porto faz com que as coisas continuem pacíficas, disse Ilda Figueiredo.

"À partida não desconfio que haja esse vandalismo do lado do Porto", assinalou a candidata que, no entanto, frisou que quando se propõe a colocação de equipamentos, "naturalmente, também se quer uma vigilância permanente".

E concluiu: "Isto tendo vida, ocupação e pessoas em permanência a vigilância do parque está garantida".

São candidatos à presidência da Câmara do Porto, nas eleições de dia 26, Rui Moreira (movimento independente "Rui Moreira: Aqui há Porto" -- apoiado por IL, CDS, Nós, Cidadãos!, MAIS), Tiago Barbosa Ribeiro (PS), Vladimiro Feliz (PSD), Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Bebiana Cunha (PAN), António Fonseca (Chega), Diogo Araújo Dantas (PPM), André Eira (Volt Portugal), Bruno Rebelo (Ergue-te) e Diamantino Raposinho (Livre).

Leia Também: Ilda Figueiredo quer reativação do ramal da Alfândega do Porto resolvida

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório