Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Lista do PSD à Câmara de Viseu não representa "corte com o passado"

O candidato do PSD à presidência da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, garantiu hoje que a sua lista não representa um corte com o passado, apesar de a maioria dos elementos não ter integrado executivos anteriores.

Lista do PSD à Câmara de Viseu não representa "corte com o passado"
Notícias ao Minuto

22:52 - 05/08/21 por Lusa

Política Fernando Ruas

"Não fiz nenhum corte com o passado. Para as áreas que definimos, eu não tinha do passado gente que me desse as garantias que eu quis arranjar nesta lista", justificou aos jornalistas Fernando Ruas, que foi presidente da Câmara de Viseu durante 24 anos (entre 1989 e 2013).

O economista, de 72 anos, foi a solução encontrada pelo PSD após a morte de Almeida Henriques (em 04 de abril), que já tinha sido indicado como recandidato pelo partido.

Fernando Ruas disse não ter tido qualquer problema com quem o acompanhou no passado e que "são todos apoiantes desta lista", mas a opção foi "dar novas possibilidades a outros protagonistas", de acordo com as características que tinha definido previamente.

Da lista à Câmara Municipal de Viseu, António Guilherme Almeida (de 54 anos) é o único que fez parte de executivos de Fernando Ruas, ocupando o sexto lugar. Do atual executivo, manteve-se apenas João Paulo Gouveia (de 44 anos), que aparece em segundo lugar da lista.

"Eu tenho uma outra perspetiva e até uma outra ligação. Há alguns vereadores do atual executivo que eu nem conhecia bem. Portanto, não é nenhuma rutura", justificou Ruas, garantindo que "tudo aquilo que estiver bem, e há muita coisa bem", será para manter e até para potenciar, se houver essa possibilidade.

Segundo o candidato social-democrata, a preocupação foi escolher "pessoas que dessem garantia de que exerceriam melhor e mais cabalmente" as funções necessárias para o projeto de desenvolvimento pensado para o concelho.

"Procurámos fazer uma lista que fosse o mais abrangente possível e representativa da sociedade viseense", frisou, acrescentando que foi construída com base "no conhecimento direto de 24 anos" de governação municipal e da análise das "novas exigências e novo conteúdo funcional que o poder local vai adquirindo" decorrente da delegação de competências.

Atualmente, o PSD tem seis mandatos na Câmara de Viseu e o PS três.

A escolha de João Paulo Gouveia, que atualmente tem o pelouro das freguesias, prendeu-se com a aposta que Ruas pretende fazer fora da cidade, sobretudo nas freguesias rurais mais distantes.

"Uma das propostas é encurtar a distância para a cidade", avançou o candidato social-democrata, acrescentando que, com João Paulo Gouveia, "haverá continuidade por parte de quem adquiriu experiência" nesta área.

Nos primeiros lugares da lista estão ainda a artista Leonor Barata (independente, 46 anos), a empresária Mara Almeida (47 anos), o professor Pedro Ribeiro (49 anos) e a médica Sofia Mesquita (28 anos).

Nas eleições autárquicas de 2013, Fernando Ruas não pôde voltar a candidatar-se devido à lei de limitação de mandatos. Almeida Henriques foi o candidato vencedor do PSD, que ficou à frente dos destinos do município até abril deste ano, quando morreu na sequência de complicações provocadas pela covid-19.

A morte de Almeida Henriques deixou o PSD sem candidato. Com o apoio das estruturas locais, distritais e nacionais do partido e depois de ter recebido mensagens de munícipes a pedirem que se candidatasse, Fernando Ruas, deputado da Assembleia da República por Viseu, aceitou o desafio.

Leia Também: Distrital do PSD considera encerrada polémica com listas em Aveiro

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório