Meteorologia

  • 23 JUNHO 2021
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 27º

Edição

Candidato no Porto? Tem de ser "tratado com distrital e concelhia"

O secretário-geral adjunto do PS recusou hoje esclarecer se é candidato à Câmara Municipal do Porto, remetendo para a distrital e para a concelhia dos socialistas a decisão sobre o cabeça-de-lista à autarquia nas eleições deste ano.

Candidato no Porto? Tem de ser "tratado com distrital e concelhia"
Notícias ao Minuto

13:35 - 11/06/21 por Lusa

Política Autárquicas

"Esses assuntos têm que ser tratados com a distrital do PS e com a concelhia do Porto", afirmou aos jornalistas José Luís Carneiro, na conferência de imprensa que decorreu na distrital do PS/Porto sobre o caso da partilha de informação de manifestantes russos pela Câmara de Lisboa.

"Como foi dito pelo secretário-geral do PS, isso é um assunto da competência da federação e da concelhia, esperemos que as respetivas estruturas tomem as suas decisões", disse, escusando-se a responder se é candidato ou não à Câmara do Porto perante a insistência dos jornalistas presentes.

O Jornal de Notícias avança hoje que Manuel Pizarro, presidente da federação distrital e eurodeputado - que foi candidato à Câmara do Porto em 23013 e 2017 -, "é a solução de emergência do PS" para a cidade.

Já o jornal Público refere que José Luís Carneiro "pode ser a solução" socialista para o Porto, acrescentando que "há movimentações que apontam para o apoio do partido ao secretário-geral adjunto".

Na quarta-feira, Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade, declinou o convite para ser o candidato do PS à Câmara do Porto, um dia depois de os socialistas o terem anunciado como o escolhido para entrar na corrida autárquica à segunda cidade do país.

Na sequência da decisão de Eduardo Pinheiro se afastar da corrida autárquica, António Costa, em declarações à agência Lusa na noite de quarta-feira, manifestou "total solidariedade" com a decisão do seu secretário de Estado de declinar o convite para candidatar-se à presidência da Câmara do Porto, esperando agora que a concelhia e federação deste partido encontrem "uma solução vitoriosa".

A Câmara do Porto é liderada pelo independente Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

São já conhecidas as candidaturas de Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Vladimiro Feliz (PSD), Diogo Araújo Dantas (PPM) e André Eira (Volt Portugal).

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Leia Também: PS destaca mensagem de "apelo à cooperação e responsabilidade coletiva"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório