Meteorologia

  • 25 JULHO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 27º

Edição

"Finalmente ficou tudo clarificado: isto é entre mim e o Rui Moreira"

Para Vladimiro Feliz, o seu concorrente Eduardo Pinheiro "devia ter aprendido com a história". "O Porto não gosta de paraquedistas", frisou.

"Finalmente ficou tudo clarificado: isto é entre mim e o Rui Moreira"
Notícias ao Minuto

15:33 - 09/06/21 por Notícias ao Minuto 

Política Câmara do Porto

Vladimiro Feliz, candidato à Câmara Municipal do Porto apoiado pelo PSD, recorreu ao Twitter para comentar a escolha do Partido Socialista (PS) - Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade -, para a corrida à autarquia. Para este, "finalmente ficou tudo clarificado", considerando que a luta autárquica será entre si e Rui Moreira. 

"Eduardo Pinheiro devia ter aprendido com a história. O Porto não gosta de paraquedistas. Mas finalmente ficou tudo clarificado: isto é entre mim e o Rui Moreira", reagiu Vladimiro Feliz depois de ter sido conhecido o nome de mais um dos seus adversários nesta corrida ao Porto. 

Já esta quarta-feira, Rui Rio também reagiu à escolha de Eduardo Pinheiro por parte do PS. Também no Twitter, o líder do PSD considerou que "a solução de António Costa para o Porto" confirma o que tem dito sobre o assunto, depois de já ter acusado os socialistas de "entrosamento" com o atual autarca do Porto.

"O PS e Rui Moreira estão feitos, mas não têm a hombridade de o assumir frontalmente. A candidatura principal já pouco tem de independente e a acessória apenas aspira a tentar evitar que o PSD ganhe as eleições", frisou Rio. 

De recordar que Eduardo Pinheiro, de 42 anos, é um dos cinco secretários de Estado que o Governo nomeou, em abril de 2020, ao abrigo do estado de emergência, para cumprirem a missão de coordenação regional do combate à pandemia causada pela Covid-19. O atual secretário de Estado da Mobilidade foi vice-presidente de Guilherme Pinto na Câmara Municipal de Matosinhos.

A Câmara do Porto é liderada pelo independente Rui Moreira, cujo movimento elegeu sete mandatos nas autárquicas de 2017, aos quais se somam quatro eleitos do PS, um do PSD e um da CDU.

São já conhecidas as candidaturas de Ilda Figueiredo (CDU), Sérgio Aires (BE), Vladimiro Feliz (PSD), Diogo Araújo Dantas (PPM) e André Eira (Volt Portugal). As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Leia Também: "Rui Moreira não tem condições de assumir que cumprirá novo mandato"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório