Meteorologia

  • 23 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

Madeira precisa de plano de recuperação das aprendizagens, alerta PS

O presidente do PS/Madeira, Paulo Cafôfo, manifestou-se hoje satisfeito com o regresso presencial dos alunos do ensino secundário às escolas, mas lembrou ao Governo Regional ser necessário um plano de recuperação das aprendizagens afetadas por dois anos de pandemia.

Madeira precisa de plano de recuperação das aprendizagens, alerta PS
Notícias ao Minuto

12:45 - 08/04/21 por Lusa

Política Paulo Cafôfo

O deputado Paulo Cafôfo fez este alerta na Assembleia Legislativa da Madeira, no debate mensal temático com o Governo Regional, subordinado ao tema "Educação".

"Vejo o regresso dos alunos do secundário numa normalização da atividade no espaço escola mas, infelizmente, temos parte da comunidade escolar docente e não docente por vacinar e diversas escolas onde os alunos não foram testados e a minha preocupação é que se esteja a criar uma falsa sensação de segurança que pode gerar duvidas no início do terceiro período".

O socialista salientou que a área da Educação "foi uma das mais afetadas pela pandemia", nomeadamente no que diz respeito às aprendizagens e, por isso, defendeu mais esforço por parte do Governo Regional.

O líder dos socialistas madeirenses propôs ao Governo Regional medidas como o reforço da autonomia das escolas e flexibilidade curricular, um plano de recuperação dos alunos num contexto de pandemia e a criação de mais recursos humanos e equipamentos para que as aprendizagens sejam recuperadas.

Dotar as escolas de maior crédito com horários para desenvolverem projetos, apoio e formação aos professores e programas de atividades lúdicas, culturais e desportivas foram outras medidas apontadas.

A deputada do PSD Sónia Silva realçou, por seu lado, as medidas que o Governo Regional tem vindo a tomar para "o retorno à escola com maior segurança para alunos, professores e funcionários", designadamente através da implementação dos processos de vacinação e de testagem.

"Mas é preciso que todos os envolvidos mantenham o seu comportamento de acordo com as recomendações emanadas pelas autoridades de Saúde, é determinante uma atitude responsável de todos para que o ensino presencial seja uma realidade até ao final do ano letivo", observou.

O presidente do Grupo Parlamentar do CDS - partido que faz coligação com o PSD no Governo Regional - elogiou a "atitude preventiva" do executivo regional em relação à educação.

"Na Madeira, são dados factuais e não seria sério não reconhecer, 6.989 alunos do secundário praticamente estão testados, 8.716 alunos do 3º ciclo estão ou vão ser na próxima semana testados e 6.200 professores estão praticamente vacinados", disse Lopes da Fonseca.

O deputado do JPP Paulo Alves sublinhou que muitos estudantes, professores e pessoal auxiliar estão por vacinar e testar, pelo que questionou o Governo Regional se não teria sido melhor adiar por mais dois ou três dias o regresso presencial dos alunos à escola.

"Existem milhares de alunos que ficaram por testar, não deveriam ser testados antes de iniciar o regresso?", perguntou.

Ricardo Lume, deputado único do PCP, criticou a falta de pessoal auxiliar nas escolas, apesar das promessas do Governo, o facto de, nos estabelecimentos de ensino profissional, as aulas terminarem quinze minutos antes do recolher obrigatório e o não cumprimento das regras das autoridades de saúde quanto ao número de passageiros nos transportes públicos.

Todos os partidos, contudo, relevaram o papel que a comunidade escolar - professores, pessoal não docente, alunos e encarregados de educação - tem vindo a desenvolver nestes "atípicos" anos escolares.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional de Saúde da Madeira, a região contabiliza 8.511 casos confirmados de covid-19 desde o início da pandemia.

Desses casos, há a registar 8.098 doentes dados como curados e 71 óbitos, contando atualmente com 342 casos ativos.

Leia Também: AO MINUTO: AstraZeneca? BE contra "alarmismo". Reino Unido quase 'imune'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório