Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

BE questiona Governo sobre prolongamento do 'lay-off' no setor automóvel

O Bloco de Esquerda (BE) afirmou-se hoje preocupado com a exigência das associações empresariais do setor automóvel de prolongamento do 'lay-off' simplificado até setembro, "mas sem se comprometerem com a manutenção dos postos de trabalho".

BE questiona Governo sobre prolongamento do 'lay-off' no setor automóvel
Notícias ao Minuto

16:03 - 23/05/20 por Lusa

Política Covid-19

Numa pergunta dirigida ao Governo sobre o prolongamento do 'lay-off' no setor automóvel, o grupo parlamentar do BE faz eco da possibilidade de se verificarem "12 mil despedimentos" nesta área de atividade em Portugal.

Lembrando que o setor automóvel tem importância especial em determinadas regiões, como Setúbal ou Mangualde, cujo "emprego sustenta milhares de famílias", os bloquistas consideram que, num momento de retoma económica, "as notícias da possibilidade de 12 mil despedimentos é um mau augúrio para estas regiões".

Os deputados bloquistas Isabel Pires, José Soeiro, Joana Mortágua e Sandra Cunha consideram que as medidas apresentadas pelo governo "são insuficientes e continuam a deixar desprotegidos os trabalhadores", defendendo que o pacote de ajudas para o setor "deve ter como condição principal a proteção dos trabalhadores, garantindo o seu salário e o seu posto de trabalho com as mesmas condições contratuais".

Com a pergunta dirigida ao Ministério da Economia e Transição Digital, o BE pretende saber quantos trabalhadores, direta e indiretamente, do setor automóvel estão, de momento, afetados pela medida do 'lay off' simplificado e se existiram despedimentos durante o período de emergência.

Os bloquistas questionam ainda o Governo sobre se tem conhecimento de ações inspetivas da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e quais os resultados e se foram identificadas situações de indeferimento do pedido do pedido de 'lay off' simplificado.

Por fim, os deputados do BE querem saber se o Governo pretende ter algum pacote de medidas de apoio ao setor automóvel "por forma a evitar futuros despedimentos em massa" e se esse plano tem alguma preocupação com a reconversão da indústria para a transição ambiental.

Portugal contabiliza 1.302 mortos associados à covid-19 em 30.471 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 338 mil mortos e infetou mais de 5,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório