Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Costa apertou a mão ao ministro, arrependeu-se e pediu desculpa

Primeiro-ministro deu um aperto de mão ao ministro da Educação, quebrando as regras que visam evitar a contaminação pela Covid-19. Por isso já veio a público pedir desculpa.

No final do Conselho de Ministros desta quinta-feira, que avaliou a decisão de suspender as aulas presenciais, o primeiro-ministro António Costa deu um aperto de mão ao ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues.

Este aperto de mão - que nada teria de mal se não estivéssemos a combater um vírus que se propaga também através das mãos - vai agora contra as medidas que visam evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Por esse motivo, o primeiro-ministro prontificou-se a pedir desculpa.

Numa publicação na página do Governo na rede social Instagram, António Costa surge, de forma descontraída, a pedir desculpa a Tiago Brandão Rodrigues e a dar o exemplo: ambos desinfetam as mãos.

"Quero pedir desculpa ao Tiago, e sobretudo a todos, pelo mau exemplo que dei. Foi uma reação instintiva que espero não repetir. Por favor não repitam", diz António Costa.

Confira o vídeo, clicando na imagem acima.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório